Sporting redefine prioridade de mercado
Novo extremo é desejo antigo do treinador Rúben Amorim. IMAGO

Sporting redefine prioridade de mercado

NACIONAL25.06.202401:00

Extremo de pé direito para jogar a partir da esquerda é agora o foco da administração leonina; valor na casa dos 10 milhões de euros reservado; novo alvo para ponta de lança em análise

Do ponta de lança para o... extremo. Com a queda da operação Fotis Ioannidis muda o foco da administração do Sporting, que tem agora a contratação de um avançado para jogar no lado esquerdo do trio de ataque como a prioridade. No fundo, o regresso ao desejo que o treinador Rúben Amorim  tem já há mais de um ano, altura em que os verdes e brancos já procuravam um jogador para a posição, que voltou a ser falado no mercado de inverno mas cuja contratação tem sido sistematicamente adiada. Não vai passar deste verão.

Um extremo de pé direito para jogar a partir da esquerda, é este o perfil do atacante que vai ser contratado, agora mais depressa do que devagar, porque a administração de Frederico Varandas, com o diretor desportivo Hugo Viana ao leme nas questões do mercado, recua ao momento de análise do dossiê do ponta de lança, que já não vai ser Ioannidis — as exigências financeiras do Panathinaikos, que nunca baixaram dos 25 milhões de euros, revelaram-se incomportáveis para os verdes e brancos, que tinham reservados 20 milhões de euros para o avançado grego de 24 anos —, e passa a centrar mais atenção na pasta do extremo.

Se para Ioannidis a reserva era de 20 milhões de euros, para o novo ponta de lança, mais à frente neste mercado, será menos e agora para o extremo para o lado esquerdo o valor deverá rondar a casa dos 10 milhões. Sempre investimento a ter em conta, diferente daquele que foi efetuado na janela de transferências de inverno, em que os leões contrataram o médio Koba Koindredi por 4,25 milhões de euros e o central Rafael Pontelo, por 700 mil, jogadores que estão agora na calha para empréstimos.

Sporting quer avançado 2 em 1

23 junho 2024, 09:10

Sporting quer avançado 2 em 1

Ioannidis caiu e a administração leonina já definiu perfil do novo atacante; móvel, que possa descair para um flanco… capaz de coincidir com Gyokeres; menor investimento

Há então agora uma troca de prioridades no mercado leonino, que conta já com duas contratações consumadas: o guarda-redes bósnio Vladan Kovacevic, já oficializado por cinco temporadas, ou seja, até 2028/2029, que foi contratado ao Raków, da Polónia, por valor na ordem dos 6 milhões de euros; o central belga Zeno Debast, oriundo do Anderlecht e que custa 18 milhões de euros e vai ser anunciado em julho.

Além do extremo e do avançado, um ala para jogar na esquerda é hipótese a ter em conta também nesta janela do mercado, mas em terceiro lugar na ordem de prioridades e ainda um pouco dependente do que acontece na defesa, onde Gonçalo Inácio, que joga pela esquerda, é cobiçado pelo Manchester United.      

Vídeos

shimmer
shimmer
shimmer
shimmer