Manchester City em tribunal contra a Premier League
Estádio do Manchester City (IMAGO / PA Images)

Manchester City em tribunal contra a Premier League

INTERNACIONAL05.06.202409:11

O Manchester City vai levar a Premier League a tribunal devido às regras comerciais da organização.

O clube vai atacar a organização do campeonato inglês pelas regras para os contratos de patrocínio, alegando uma possível discriminação», contra si, noticiou o jornal The Times.

 Em fevereiro, a Premier League tornou mais rigorosas as regras de parceria comercial com empresas ligadas aos proprietários dos clubes, ou Associated Party Transactions (APT).

 Contrariamente à maioria dos clubes, o Manchester City alega que as regras APT são ilegais e pede uma indemnização por perda de receitas.

A BBC adianta que já foi marcada uma audiência de arbitragem sobre a legalidade das regras da liga.

O documento jurídico do City a que o The Times teve acesso refere que o clube alega ser «vítima de discriminação», que as regras alteradas foram aprovadas pelos rivais para «sufocar o seu sucesso em campo», e chama-lhe «tirania da maioria».

As novas regras relativas aos acordos de patrocínio foram acordadas no início deste ano pelos 14 clubes mínimos exigidos - dois terços dos votantes - e foram concebidas para manter a competitividade da Primeira Liga.Para voltar a alterar as regras da liga inglesa, seria necessário o apoio de pelo menos 14 dos 20 clubes, mas de acordo com o The Times, entre dez a doze clubes defendem a Premier League neste litígio.

Daqui a poucos meses uma comissão disciplinar da Premier League vai ouvir mais de 100 acusações contra o City por alegada violação dos seus regulamentos financeiros, algumas das quais remontam a 2009. Algumas dizem respeito a montantes pagos ao City por patrocinadores ligados a Abu Dhabi.