Palmeiras termina contrato com empresa reponsável por sintético
Abel Ferreira deixou críticas ao estado do relvado (Foto: IMAGO)

Palmeiras termina contrato com empresa reponsável por sintético

Clube recusou jogar no seu estádio devido às condições do relvado

O Palmeiras decidiu colocar ponto final no contrato com a empresa responsável pela colocação do relvado sintético no Allianz Parque e na Academia do clube. Em causa as condições do mesmo, que levou a equipa de Abel Ferreira a recusar jogar no estádio enquanto não houvesse manutenção.

Segundo o Globoesporte, esta rescisão de contrato com a Soccer Grass não abrange a parceria da empresa com a Real Arenas, responsável pelo estádio, pelo que a manutenção do campo continuará a ser da responsabilidade da Soccer Grass, ao contrário dos sintéticos da Academia.

Acrescente-se que o CEO da Soccer Grass, Alessandro Oliveira, revelou que a empresa ainda não foi notificada formalmente da decisão do Palmeiras.