Santa Clara: lançada primeira pedra do futuro centro de treinos
Foto: CD Santa Clara

Santa Clara: lançada primeira pedra do futuro centro de treinos

NACIONAL19.06.202422:38

Açorianos assinalam «dia histórico»; objetivo é começar a trabalhar no espaço em janeiro

O Santa Clara lançou, esta quarta-feira, a primeira pedra do do futuro centro de treinos do clube, revelando que quer começar a treinar no local já em janeiro de 2025.

O centro de treinos que a SAD dos açorianos vai construir na Ribeira Grande, nos Açores, terá um investimento de cerca de 7,5 milhões de euros.

Klauss Câmara, diretor executivo do Santa Clara, destacou a importância do projeto, prometendo que prometeu que aquele vai ser um «centro de treinos de excelência», que vai servir não apenas o Santa Clara, mas «toda a comunidade» dos Açores.: «Hoje é um marco histórico para o Santa Clara e para toda a comunidade açoriana. Estimamos que em janeiro já possamos ter os campos para a equipa sénior treinar. Esperamos que todos os prazos sejam cumpridos para que isso possa acontecer.»

O dirigente adiantou ainda que a perspetiva da SAD é que dentro de dois anos o centro já esteja praticamente concluído: «Todo o projeto é feito através de etapas. A etapa número um vai consistir naquilo que é a relevância máxima para a qualidade do treino e vai ser o relvado. Esperamos que a meio da próxima época já tenhamos essa condição», frisou.

A cerimónia do lançamento da primeira pedra da infraestrutura contou também com a presença do presidente da Câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, e do investidor Ricardo Vincintin.

O presidente da Câmara local realçou o «potencial» do projeto que vai levar a autarquia a investir cerca de 450 mil euros na terraplanagem do terreno, de cerca de 64 mil metros quadrados, uma obra com um prazo de execução de quatro meses.

Alexandre Gaudêncio considera, porém, que o apoio municipal é uma «migalha no meio de um investimento» privado de mais de sete milhões de euros: «O valor global do projeto que nos foi apresentado está nos 7,5 milhões. Estamos a falar de dois campos de relva natural, um de relva sintética, e toda a zona envolvente com zonas de apoio e infraestruturas para a SAD. Estamos a falar de 130 novos postos de trabalho diretos», vincou o edil.

Refira-se que, atualmente, o Santa Clara treina e joga em recintos públicos que são propriedade do Governo dos Açores.

Vídeos

shimmer
shimmer
shimmer
shimmer