«Não sei se tenho energia suficiente para continuar a tirar o máximo dos jogadores»
Abel Ferreira (Foto: Fotoarena/IMAGO)

«Não sei se tenho energia suficiente para continuar a tirar o máximo dos jogadores»

INTERNACIONAL07.12.202304:29

Abel Ferreira deixa lamento após a conquista do bicampeonato brasileiro

«É fácil ganhar uma vez, duas vezes... agora nove vezes, de forma consistente... A gente sabe que isso tem um ónus e um bónus. As pessoas esperam sempre que você faça mais e melhor, e os jogadores deram-me muito. Não sei se tenho energia suficiente para continuar a tirar deles o máximo», lamentou Abel Ferreira em conversa com os jornalistas após a conquista do bicampeonato brasileiro.

O treinador português garantiu também que o grupo nunca desistiu de revalidar o título, mesmo que a distância a certa altura para o primeiro lugar tivesse sido enorme: «Se perguntarem aos jogadores, internamente nunca desistimos. Traçámos uma estratégia por volta do meio do ano, eu com os jogadores e para a frente. Quando vocês lhes perguntarem o que o treinador lhes disse a meio do ano sobre uma estratégia que tínhamos de ter eles devem revelá-lo. Não sou eu que vou abrir o jogo, mas se eles quiserem dizê-lo não há problema nenhum. Somos uma família», começou por dizer, antes de elogiar os futebolistas: «É verdade que a dada altura ficámos a 14 pontos, mas, mais uma vez, a força desta equipa foi bem evidente. A equipa mais resiliente foi a que ganhou, fomos nós. Fomos a equipa que melhor soube lidar com os maus momentos. A mais forte. Isso é a prova de muito trabalho e de uma consistência e regularidade muito grande.»

Abel Ferreira classificou ainda o título conquistado: «Acima de tudo é o campeonato de uma equipa que sabe o que quer, que sabe o que faz. Sabe lidar com momentos de adversidade e, para mim, isso faz a diferença. Nos momentos de dificuldade fomos capazes de nos superar. Quando olhamos para o campeonato, houve vários clubes que andaram nos primeiros lugares e fomos muito consistentes em andar lá próximos.»