Famalicão: regresso de Moura é uma certeza... o de Mihaj nem tanto
Lateral-esquerdo falhou o jogo com o Sporting, mas deve regressar ao onze na receção ao Portimonense. (Foto: Famalicão)

Famalicão: regresso de Moura é uma certeza... o de Mihaj nem tanto

NACIONAL17.04.202416:29

Lateral-esquerdo cumpriu um jogo de suspensão frente ao Sporting e está de volta às opções para a receção ao Portimonense; utilização de Enea Mihaj é ainda uma (grande) incógnita

O Famalicão deu, esta quarta-feira, início à preparação do encontro relativo à 30.ª jornada, que reserva aos minhotos a receção ao Portimonense.

Poucas horas depois do desaire diante do Sporting (0-1) - jogo que permitiu o acerto de calendário às duas equipas e que se realizou na noite de ontem -, o plantel famalicense voltou ao trabalho e já com o foco no encontro do próximo domingo.

Nessa altura, não será de estranhar que na ficha de jogo apareça o nome de Francisco Moura. O lateral-esquerdo, de 24 anos, falhou o duelo com os leões, devido a castigo, mas uma vez limpa a folha disciplinar, está de regresso ao lote dos disponíveis e, em condições normais, com luz verde para integrar a titularidade.

O canhoto era, até ontem, o jogador mais utilizado do plantel dos minhotos - em todas as competições -, sendo que a sua ausência frente ao Sporting permitiu a Luiz Júnior subir à liderança desse ranking.

A importância de Francisco Moura está devidamente plasmada nos números e, por essa razão, é de todo crível que o camisola 74 faça parte da equipa inicial que Armando Evangelista irá escalar para a partida com o Portimonense. Caso se confirme esta (forte) hipótese, Martín Aguirregabiria deve ser o sacrificado.

E quando (e como) se resolve o 'caso Mihaj'?

O processo fez correr muita tinta no dia de ontem e... ainda não acabou. Enea Mihaj completou uma série de cinco cartões amarelos no encontro frente ao FC Porto, no passado sábado, mas como o jogo de ontem, com o Sporting, era relativo à 20.ª jornada - tinha sido adiado devido à falta de policiamento -, ficou a dúvida sobre a possibilidade de o internacional albanês poder, ou não, ser utilizado com a formação leonina.

Tal como A BOLA foi explicando ao longo do dia, o Famalicão solicitou os devidos esclarecimentos à Comissão de Instrutores da Liga, que respondeu com prudência, sugerindo a não utilização do jogador. Ainda assim, a mesma entidade solicitou um parecer ao Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, órgão que não respondeu ao pedido e que, mais tarde, reagiu em comunicado.

Perante este cenário, o emblema minhoto preferiu jogar pelo seguro e o defesa-central não constou das opções do técnico para o embate com o conjunto de Alvalade.

Ainda assim, não é líquido que a ausência de Enea Mihaj seja regulamentarmente encarada como castigo cumprido. O facto é que o nome do internacional albanês deve constar do mapa de castigos a ser divulgado amanhã pelo Conselho de Disciplina da FPF e, nessa altura, voltará a ficar a dúvida no ar: pode, ou não, o jogador alinhar na próxima jornada?

A BOLA sabe que, caso o nome de Mihaj conste do referido mapa de castigos (algo que parece óbvio que aconteça, uma vez que não constou do mapa de castigos divulgado na semana passada já que o amarelo que viu e que o obriga a cumprir um jogo de suspensão surgiu no passado sábado, no confronto com o FC Porto), o Famalicão voltará a pedir esclarecimentos às entidades competentes.

Vídeos

shimmer
shimmer
shimmer
shimmer