Estrela da Amadora reinaugura loja oficial em dia de 92.º aniversário
Ricardo Paiva, presidente do Estrela da Amadora, e Paulo Lopo, presidente da SAD dos tricolores, presentes na reinauguração do Espaço Tricolor, loja oficial do emblema amadorense. Foto: Estrela da Amadora SAD.

Estrela da Amadora reinaugura loja oficial em dia de 92.º aniversário

NACIONAL22.01.202421:52

Tricolores cumpriram esta segunda-feira o seu 92.º aniversário; celebração decorreu no interior do renovado Espaço Tricolor, loja oficial do clube amadorense

No dia que se seguiu à deslocação da sua equipa principal a Guimarães, para defrontar o Vitória local, onde não evitou a derrota por 3-0, o Estrela da Amadora viveu um dia de festa ao ter celebrado, esta segunda-feira, o seu 92.º aniversário. Para cumprir este data especial, os tricolores realizaram a reinauguração da sua histórica loja, o Espaço Tricolor, sito no Estádio José Gomes, que conheceu uma remodelação total e deu a conhecer a sua renovada imagem, mais moderna.

Para registar o momento estiveram presentes as principais figuras da SAD estrelista como o presidente, Paulo Lopo, o diretor geral, Francisco Lopo, o diretor desportivo, José Faria, o diretor para o futebol, Emanuel Recoba, o diretor Rodolfo Laranjo e ainda o gestor de operações do emblema amadorense, Dinis Delgado, aos quais se associaram o presidente do clube, Ricardo Paiva, acompanhado por alguns elementos da direção a que preside. No final da reinauguração, todos cantaram os parabéns ao Estrela, com direito a bolo de aniversário.

Uma celebração a dobrar – os 92 anos do emblema da Reboleira e a renovação do Espaço Tricolor – relativamente à qual Paulo Lopo se mostrou extremamente orgulhoso, em conversa com A BOLA. «Até há pouco tempo, nem loja tínhamos. Começámos por montar a loja aqui há uns meses, no início da época, e hoje demos-lhe uma cara nova, que representa a modernidade do novo Estrela da Amadora», atestou o presidente da SAD estrelista, apostado em continuar a desenvolver o emblema que lidera.

«Vamo-lo fazendo devagar, ao nosso ritmo do que é a nossa realidade, para não termos pés de barro. No fundo, isto é o princípio do que queremos que venha a ser o futuro estádio do Estrela da Amadora – uma obra moderna, simples, mas que dignifica o que é o nosso emblema. É uma loja que não envergonha um clube que está na primeira Liga», declarou, satisfeito, Paulo Lopo, que foi ainda agraciado, assim como o presidente do clube, Ricardo Paiva, com uma oferta por parte do responsável pela Magia Tricolor, Marco Fernandes.

Marco Fernandes (ao centro), entrega um quadro celebrativo do 92.º aniversário do Estrela da Amadora a Ricardo Paiva, presidente do Estrela da Amadora (à esquerda), e Paulo Lopo, presidente da SAD dos tricolores (à direita). Foto: Estrela da Amadora SAD.

O dirigente da claque do Estrela entregou um quadro emoldurado no qual constavam, juntos, os logótipos de Estrela da Amadora e Magia Tricolor e aproveitou também para agradecer pessoalmente ao diretor para o futebol dos tricolores, Emanuel Recoba, por ter recuperado os panos alusivos ao grupo de adeptos do emblema amadorense com as iniciais MT, cuja entrada havia numa primeira instância sido recusada pelas forças policiais no Estádio D. Afonso Henriques, para que os próprios jogadores os colocassem no setor no qual a Magia Tricolor se encontrava.

Nessa altura, recorde-se, o plantel do Estrela ofereceu ainda uma coroa de flores à sua claque como gesto de homenagem a Tiago Sousa, adepto do clube da Reboleira e membro da Magia Tricolor que faleceu ainda há poucos dias.

O plantel do Estrela da Amadora entregou à sua claque, a Magia Tricolor, os panos que haviam sido inicialmente retirados e ainda uma coroa de flores, homenageando um malogrado adepto dos tricolores. Foto: Estrela da Amadora SAD.