Estoril: Cassiano ainda falhou o Estrela, mas regressa no Bessa
Cassiano, do Estoril (à direita), em duelo pelo ar com Serdar Saatçi, do SC Braga, em jogo pela Liga de futebol. Foto: Atlantico Press/Imago.

Estoril: Cassiano ainda falhou o Estrela, mas regressa no Bessa

NACIONAL05.02.202416:04

Experiente avançado falhou os dois últimos jogos devido a um traumatismo no pé direito; regresso à equipa deve fazer-se já no sábado, no embate com o Boavista, que representou em 2019/2020

Sem grande alarido, o Estoril defrontou o Estrela da Amadora sem contar com três elementos importantes no seu alinhamento inicial, sem contar com Koba Koindredi, que foi transferido para o Sporting e deixou, por isso, de constituir opção para Vasco Seabra. Entre os elementos que continuam às ordens do treinador dos canarinhos, este não dispôs de Rodrigo Gomes, que cumpria castigo face a ter completado uma série de cinco cartões amarelos, Jordan Holsgrove, ainda a recuperar de lesão, e ainda Cassiano.

A ausência do brasileiro constituiu maior surpresa acentuou-se devido ao facto de ter falhado o segundo encontro consecutivo, visto não ter também integrado a convocatória para a deslocação ao Rio Ave, na passada quarta-feira. O motivo do afastamento, apurou A BOLA, é o mesmo e relaciona-se com um impedimento físico do ponta de lança de 34 anos, que esteve em dúvida até à hora da receção aos tricolores mas não recuperou a tempo de poder dar o seu contributo à equipa.

O problema que afeta Cassiano é do foro traumático e está diretamente ligado ao lance que o envolveu com José Fonte, que no momento em que o derrubou, causando a grande penalidade que o próprio se encarregaria de converter para a momentânea vantagem do Estoril frente ao SC Braga na final da Taça da Liga (haveria de ser derrotado no desempate por penáltis)…e uma pequena lesão no experiente atacante, que ainda permaneceu em campo e seria substituído à passagem da hora de jogo.

Cassiano foi afetado por uma inflamação na área afetada – o seu pé direito - que impossibilitou a sua participação em Vila do Conde, onde o Estoril alcançou um empate (1-1) com o Rio Ave, e o manteve em dúvida para a receção ao Estrela. Nessas duas partidas, no seu lugar atuou Alejandro Marqués em sua substituição, situação que já não deverá verificar-se na jornada que se segue, no próximo sábado, na deslocação dos canarinhos ao reduto do Boavista, visto que nessa altura estará totalmente restabelecido.

Face ao estatuto que o camisola 11, um dos capitães de equipa e um dos melhores marcadores da equipa, com 10 golos em 26 aparições distribuídas por Liga, Taça da Liga e Taça de Portugal, e também devido à ausência de golos da parte de Marqués nas últimas duas partidas, parece expectável o regresso de Cassiano diretamente apontado ao onze para o regresso ao Estádio do Bessa, onde cumpriu a época 2019/2020 como jogador dos axadrezados, com dois golos marcados em 28 jogos disputados.