Essende e a troca de treinador: «O mais importante é o projeto»
Essende recebe o prémio de MVP

Essende e a troca de treinador: «O mais importante é o projeto»

NACIONAL21.12.202321:07

Avançado do Vizela foi eleito pelos adeptos o melhor em campo diante do Rio Ave

Samuel Essende prefere não comentar a troca de treinador no Vizela, preferindo salientar que «o mais importante é o projeto» do clube. O avançado francês recebeu, esta quinta-feira, o prémio de MVP no jogo com o Rio Ave, onde apontou um fantástico golo de pontapé de bicicleta, mas já só pensa em vencer o Moreirense.

undefined

«Se o clube decidiu mudar de treinador é porque entende que essa é a melhor solução. Desejo a maior das sortes a Pablo Villar e, no final, se subirmos na tabela, também será graças ao seu trabalho. Estamos há poucos dias com Rubén de la Barrera e esta não é uma missão fácil para ele, porque está sem muito tempo, tem de ter a equipa pronta no imediato porque estamos a meio da época. A equipa está muito expectante e ansiosa por colocar em prática a sua ideia de jogo e confiantes para o futuro», afirmou.

Feliz por receber mias um prémio, o jogador de 25 anos agradeceu aos adeptos e referiu que é «para momentos destes» que trabalha diariamente, mas só ficará totalmente satisfeito quando melhorar a classificação. Quanto ao golo apontado com um pontapé de bicicleta… «Há muito tempo que não fazia um golo destes em jogo. Estou habituado a treinar e experimentar este tipo de movimentos nos treinos. Na verdade, não o consigo descrever bem. O meu corpo reagiu aquela bola daquela forma, procurando a melhor forma de marcar. Fico feliz, porque não é um movimento fácil, mas naquele momento não pensei nisso. E o passe do Tomás foi realmente muito bom para este tipo de gesto. É um dos melhores golos da minha carreira, mas espero marcar ainda melhores no futuro», recordou.

A 15.ª jornada arranca já no próximo sábado com os vizelenses a receberem o Moreirense e Essende só pensa em vencer. «O meu trabalho é pensar sempre em ganhar em qualquer circunstância. Por isso espero ganhar e ajudar a equipa. Terei as minhas instruções e responsabilidades, mas no final todos temos de fazer uma parte para que o trabalho se a bem concluído no final. O novo treinador terá a sua parte, o antigo treinador também. Espero que consigamos fazer o melhor para o FC Vizela», rematou.