Benfica: Trubin obriga a ter plano para a baliza
Trubin, guarda-redes do Benfica e da Ucrânia (Foto: IMAGO / ULMER Pressebildagentur)

Benfica: Trubin obriga a ter plano para a baliza

NACIONAL22.06.202422:45

Exibição do guarda-redes no Euro 2024 muito elogiada e ingleses até já o veem a defender em Manchester; Samuel Soares é aposta firme mas águias estudam n.º 2 de outra dimensão

O número 1 da baliza do Benfica sentou Lunin (guarda-redes do Real Madrid) no banco de suplentes, foi titular e fez uma grande exibição na vitória da Ucrânia da passada sexta-feira, frente à Eslováquia, por 2-1, no Grupo E do Euro 2024. Trubin foi considerado pelos adeptos o melhor jogador em campo e elogiado pela generalidade da crítica e pelo selecionador dos ucranianos, Serhiy Rebrov. «Trubin mereceu jogar. Esteve muito calmo e poderia ter sido titular antes», disse Rebrov.

Em Inglaterra, a conceituada publicação FourFourTwo viu nele características que o tornam uma «boa opção para uma mudança para a Premier League» e apontam-no mesmo como nome que o Manchester City deveria seguir, fazendo a ligação com Ederson Moraes, guarda-redes brasileiro que saiu da Luz para o City, em 2017, e que muitos apontam como estando perto de finalizar a ligação aos citizens.

Acompanhe tudo sobre transferências na nossa lista de mercado

Curiosamente, no início da última temporada, numa entrevista feita pelo blogger Povoroznyuk Dmytro, para um canal de YouTube, a representante de Trubin, Maryna Andriienko, fez um comentário premonitório: «Será interessante acompanhar a situação dos guarda-redes da Premier League no próximo verão. Temos uma excelente oportunidade de provar o nosso valor [...] Não posso dizer muito mais...»

Em Espanha, ontem, a Marca publicou um artigo centralizado em Trubin, vendo-o a «seguir os passos de Ederson e Oblak», este último guardião esloveno do Atl. Madrid que se lançou igualmente com a camisola das águias.

Anatoliy Trubin já era um guarda-redes apreciado quando o Benfica o contratou ao Shakhtar no início da época passada, por €10 milhões, antecipando-se aos italianos do Inter, que também tentaram a transferência. Agora, depois da grande exibição na vitória da Ucrânia, ganhou ainda mais destaque na montra do futebol europeu.

Perante este cenário, a SAD é aconselhada a ter plano preparado para a possibilidade, forte, de Trubin sair em breve, mesmo que não já neste verão — o guarda-redes tem contrato até 2028 e cláusula de rescisão de €100 milhões.

O número 2 da baliza é Samuel Soares e o Benfica acredita no internacional português sub-21, mas, sabe A BOLA, não descarta a possibilidade dele ser emprestado para jogar com maior regularidade. Se isso suceder (este verão ou em janeiro), a ideia será ir buscar um guarda-redes de maior dimensão, rodado e que possa assumir a baliza sem risco se não houver Trubin. Como número 3 avançaria André Gomes, jovem de 19 anos da equipa B.

Trubin, recorde-se, deseja estar com a sua seleção nos Jogos Olímpicos de Paris — o torneio decorrerá de 24 de julho a 10 de agosto —, mas é improvável que o Benfica autorize.

Benfica: problema olímpico

4 junho 2024, 20:15

Benfica: problema olímpico

Otamendi quer ir a Paris, tal como Trubin; ambos participam antes na Copa América e Euro 2024; dilema nas águias: aceitar perder dois elementos fundamentais no arranque da época ou não autorizar e ir contra desejo manifestado pelos jogadores

Vídeos

shimmer
shimmer
shimmer
shimmer