De Las Vegas a Abu Dhabi há 12 fusos horários: pilotos abismados com final de calendário em 2024
Max Verstappen e Daniel Ricciardo na conferência de imprensa no GP do Brasil (IMAGO)

De Las Vegas a Abu Dhabi há 12 fusos horários: pilotos abismados com final de calendário em 2024

FÓRMULA 123.11.202311:55

Três corridas seguidas, com fusos horários diferentes, são as principais razões para as queixas

Max Verstappen, Sergio Pérez e Daniel Ricciardo, em declarações ao jornal Motorsport, pediram mudança na organização do Grande Prémio de Las Vegas de Fórmula 1 em 2024, devido ao apertado final de ano da próxima temporada.

Devido à diferença do fuso horário entre Las Vegas e Abu Dhabi - 12 horas - com o Catar pelo meio a 11 horas (e a uma de Abu Dhabi) - , os pilotos querem que corrida da cidade de Nevada seja feita mais cedo ou mesmo noutro local do calendário, para depois facilitar a viagem para a capital do Catar, onde se realiza o seguinte GP, com menos de uma semana de preparação.

Acresce o facto de no fim de semana seguinte a época terminar em Abu Dhabi, significando três corridas muito próximas umas das outras, com horários diferentes entre si.

Daniel Ricciardo, piloto da AlphaTauri, mostrou-se incrédulo quando soube que a próxima temporada termina com três GP em fins de semana consecutivos.

«Sim, esse calendário não tem o meu voto [de aprovação]. Vamos ficar destroçados, especialmente no final da época. Só fiz umas seis corridas e já sinto o cansaço, por isso espero que consigam fazer alguma coisa», disse o australiano. «Depois de quinta-feira, depois daquela sessão tardia [segundo treino livre], sinto que provavelmente todos nós temos estado um pouco delirantes e alucinados, por isso, desde então que me sinto num turbilhão», admitiu.

Las Vegas podia ser a última corrida do calendário

Max Verstappen, da Red Bull, concordou com a posição do ex-companheiro de equipa, criticando especialmente o curto espaço de tempo entre Las Vegas e Abu Dhabi, com Catar pelo meio. 

«Neste momento, é uma mudança tão grande que, especialmente no final da época, quando todos já estão cansados, penso ser demais. Por isso, era ideal encontrar uma data diferente, porque acho que talvez precisemos de fazer uma digressão americana», disse o tricampeão mundial, pedindo que as corridas norte-americanas estivessem juntas no calendário, facilitando a mudança de fuso horário.

Já o colega de equipa do neerlandês, Sergio Pérez, deixou outra sugestão em cima da mesa. «Só de pensar que temos de ir agora para Abu Dhabi, provavelmente a maior distância que temos de percorrer durante todo o ano... Temos de encontrar outra solução. Las Vegas podia ser a última corrida do calendário», apontou.