Quarteto português qualificado no Maia Open
Nuno Borges vai agora disputar o Open da Austrália (Foto: IMAGO)

Quarteto português qualificado no Maia Open

TÉNIS28.11.202323:51

Nuno Borges, João Sousa, Henrique Rocha e Jaime Faria venceram os seus encontros no 'challenge' maiato e apuraram-se para a 2.ª ronda do torneio

Nuno Borges, João Sousa, Henrique Rocha e Jaime Faria asseguraram, esta terça-feira, a qualificação para a segunda ronda do Maia Open, que decorre no Complexo Municipal de Ténis da Maia. 

Borges, número um nacional e primeiro cabeça de série do ‘challenger’ maiato, bateu o egípcio Mohamed Safwat, 359.º colocado no ranking ATP, pelos parciais de 6-4 e 7-6 (7-5), ao fim de uma hora e 55 minutos de encontro. Finalista em 2021 e semifinalista há um ano, o tenista maiato, número 78 na hierarquia mundial, regressou assim à terra batida, após a derrota na segunda ronda de Roland Garros, com um triunfo e o acesso à segunda eliminatória, na qual irá defrontar o italiano Eurico Dalla Valle (288.º). 

«Estou muito contente. O objetivo era ganhar hoje. Sabia que não ia ser o meu melhor encontro, porque venho de muitos torneios em piso rápido e foi nessa superfície que passei o ano quase todo, mas mesmo assim estava à espera de um bocadinho mais», comentou Borges, que não esconde a ambição de conquistar o título em casa. 

João Sousa, atual 257.º jogador mundial, mas antigo ‘top 30’, precisou de três sets para levar a melhor diante do romeno Filip Cristian Jianu (329.º), impondo-se com os parciais de 6-3, 3-6 e 6-1, naquela que é a sua estreia no Maia Open. 

Apurado para a fase seguinte, o vimaranense, de 34 anos, vai ter agora como próximo adversário o espanhol Albert Ramos Viñolas (92.º), campeão do Estoril Open em 2021, que hoje superou o eslovaco Jozef Kovalik, por 6-4 e 6-3. No confronto direto, o jogador de Barcelona leva vantagem (6-2) sobre Sousa, também ele vencedor do único torneio ATP português em 2018. 

O minhoto Henrique Rocha (255.º), número três nacional, teve igualmente uma tarefa complicada para ultrapassar o italiano Alessandro Giannessi (206.º), que só cedeu ao cabo de duas horas e 25 minutos, pelos parciais de 6-4, 6-7 (5-7) e 6-2. 

Enquanto o jovem portuense, de 19 anos, marcou duelo com o ‘qualifier’ britânico Anton Matusevich (494.º) na próxima ronda do 'challenger' maiato, Jaime Faria saiu vencedor do embate 100% nacional com Pedro Araújo, por 6-3 e 6-2, e vai agora ter pela frente o francês Benoît Paire (130.º), antigo número 18 do mundo, que eliminou na abertura o também português Duarte Vale.