V. Guimarães: Nélson Oliveira já rescindiu e está a chegar
Nélson Oliveira é forte possibilidade para o V. Guimarães (FOTO: Imago)

V. Guimarães: Nélson Oliveira já rescindiu e está a chegar

NACIONAL23.01.202418:17

Avançado português está a viajar para Portugal, segundo a imprensa turca; forte possibilidade de reforçar o Vitória de Guimarães por ano e meio; esta temporada ainda não fez qualquer golo

Nélson Oliveira deve ser apresentado como reforço do Vitória de Guimarães nos próximos dias, já que esta terça-feira acertou a rescisão do seu contrato - duração até junho de 2025 - com o Konyaspor da Turquia e iniciou o seu regresso a Portugal, conforme indicou a imprensa turca (BBN Haber). Segundo esta publicação, o clube e o jogador chegaram a um mútuo acordo «sem qualquer prejuízo de maior para ambas as partes».

Assim, o avançado português, de 32 anos, já está a viajar para o nosso país, sendo que chega a Guimarães como um jogador livre e deve assinar contrato nos próximos dias, tal como A BOLA avançou, com a duração do vínculo a manter-se tal qual o que tinha com a equipa turca, ou seja, por uma temporada e meia.

Os vimaranenses que ficaram sem Safira - Santa Clara - e Nélson da Luz (China) conseguem reforçar o ataque com o internacional luso - 17 jogos pela Seleção Nacional e dois golos -, neste mercado de inverno. Uma solução para Álvaro Pacheco que, aliás, para o lugar de ponta de lança conta apenas com André Silva (nove golos e duas assistências - melhor marcador da equipa, juntamente com Jota Silva) e o espanhol Adrián Butzke (sem golos, nem assistências e somente 374 minutos somados). Sendo que a janela somente termina a 2 de fevereiro e o nome do avançado brasileiro continua a ser apontado para a Alemanha (Union Berlim).

Na presente temporada, Nélson Oliveira não apontou qualquer golo (fez uma assistência) e os poucos minutos de utilização levaram a esta decisão por parte do jogador e do clube. Em 17 participações, apenas seis como titular, o avançado luso somou uns escassos 602 minutos. Recorde-se ainda que o ex-Benfica chegou à Turquia proveniente do PAOK, da Grécia, clube no qual apontou nove golos e fez duas assistências na temporada transata.