Smalling despede-se de Mourinho e admite «analgésicos em abundância»
Smalling e Mourinho (IMAGO / NurPhoto)

Smalling despede-se de Mourinho e admite «analgésicos em abundância»

INTERNACIONAL18.01.202411:10

Defesa-central, que não joga desde 1 de setembro, partilhou um longo comunicado nas redes sociais

Chris Smalling, defesa-central da Roma, recorreu às redes sociais para divulgar um comunicado, onde se despede de José Mourinho e esclarece a sua situação. O internacional inglês não compete desde 1 de setembro.

«O meu compromisso e lealdade para com a Roma nunca estiveram em causa, senti-me imediatamente em casa e, por essa razão, gostaria de abordar alguns dos rumores que circulam há algum tempo. Gostaria antes de tudo deixar claro que nunca pensei em deixar este grande clube. Há coisas no futebol e na vida que podemos controlar e outras que estão fora do nosso controlo, como as lesões», começou por referir.

«Nenhum jogador de futebol gosta de passar os dias numa mesa de fisioterapia. Este período colocou-me à prova. A prioridade da equipa médica é garantir que eu possa dar um contributo significativo na segunda metade desta temporada e nas próximas», prosseguiu, admitindo o uso de «analgésicos em abundância». 

«Tenho estado aberto a qualquer tipo de solução proposta pelos especialistas, tanto a curto como a longo prazo. Tendo consultado todos os especialistas e descartado a necessidade de cirurgia, só posso confiar nas competências de quem me está a seguir no processo de reabilitação, que inclui, de facto, analgésicos em abundância», confessa, guardando a mensagem a José Mourinho para o fim.

«Aproveito esta oportunidade para agradecer ao José e à sua equipa técnica pelo apoio nas últimas temporadas. Dou ainda as boas-vindas ao Daniele [De Rossi]», completou.

Mensagem de Smalling no Instagram