Marco Silva contesta expulsão de Jiménez: «Atuação estranha e pobre do árbitro»
Marco Silva (IMAGO / PA Images)

Marco Silva contesta expulsão de Jiménez: «Atuação estranha e pobre do árbitro»

INTERNACIONAL16.12.202318:12

Avançado mexicano foi expulso aos 22’ na derrota do Fulham frente ao Newcastle (0-3), na 17.ª jornada da Premier League

Marco Silva contestou a expulsão de Raul Jiménez na derrota do Fulham diante do Newcastle, por 0-3, na 17.ª ronda da Premier League, deixando críticas à atuação do árbitro.

«Tarde dececionante. O Newcastle precisava de um jogo tranquilo como este depois de ter jogado para a Liga dos Campeões a meio da semana. Não foi culpa nossa. Antes do vermelho há uma cotovelada clara do Lascelles. Ele sabia que o Raul. Até aos 21 minutos, em todos os momentos, o árbitro não marcou uma falta a nosso favor. Para o Newcastle eram só livres. Neste tipo de jogo o árbitro deve ter a capacidade de aguentar a pressão perante o público da casa. A Premier League devia escolher alguém com experiência e que aguentasse a pressão. Qualquer dúvida num lance, qualquer falta… não apitou nada. Até a cotovelada na cara do Raul», começou por dizer, aos microfones da BBC Sport.

Em particular sobre o lance em que o ex-Benfica vê cartão vermelho: «Ele saltou no jogador. Não se vê nada de sério, ou algo errado com o outro jogador. O amarelo era o mais correto. O VAR tentou em todos os momentos… Para justificar o seu trabalho? Não sei. É claro que o Jiménez perdeu o ímpeto. Devia ter feito de outra maneira. Ter ido pelo vermelho pareceu-me algo estranho. Foi uma tarde estranha para o árbitro. Fui tentar falar com ele, mas foi para os balneários.»

Sobre a partida: «Estivemos bem quando enquanto esteve 11 contra 11. Estamos num bom momento. Viemos cá para lutar pelos três pontos. Quando jogas com 10 o esforço é enorme. O início mostrou que ia ser um jogo duro para o Newcastle. Tivemos os nossos momentos.»