FC Porto: João Mário e Wendell são armas para as laterais em Alvalade
João Mário continua em tratamento no Olival. Foto: FC PORTO

FC Porto: João Mário e Wendell são armas para as laterais em Alvalade

NACIONAL15.12.202316:50

Defesa-direito já somou minutos frente ao Shakhtar Donetsk; há fortes possibilidades de ser titular em Alvalade; brasileiro esteve parado várias semanas, mas está em equação para o clássico

Paulatinamente, o panorama clínico do FC Porto tende a desanuviar com as recuperações plenas de João Mário e Wendell, que fizeram parte dos convocados para o jogo com o Shakhtar Donetsk, cujo resultado (5-3) permitiu à equipa de Sérgio Conceição seguir para a fase a eliminar da Liga dos Campeões. O primeiro, inclusive, entrou na reta final da partida com os ucranianos para o lugar do mexicano Jorge Sanchéz, uma forma de ganhar minutos de rodagem para o importante compromisso que se avizinha — clássico em Alvalade, segunda-feira, às 20.15 horas —, tudo numa perspetiva de o recente internacional português poder mesmo voltar à titularidade diante dos leões. 

Recorde-se que João Mário, de 23 anos, lesionou-se na deslocação a Barcelona também para a Champions, uma partida certamente da qual não guarda boa memória por dois prismas: o primeiro, a vertente desportiva, com derrota do FC Porto por 2-1, numa exibição sofrível perante um opositor direto que dá pelo nome de João Cancelo; o segundo, a lesão contraída: uma contusão com hematoma na coxa direita, que o obrigou a parar durante algumas semanas, falhando os encontros com o Famalicão(Liga), Estoril (Taça da Liga)e Casa Pia (Liga). Mas tudo indica que já está restabelecido da mazela contraída na Catalunha e posso figurar no onze do clássico da próxima segunda-feira.

MANTER ZAIDU OU NÃO?

Entretanto, e depois de três jogos com o jovem João Mendes a ser o dono do lado esquerdo da defesa — não está inscrito na Champions —, Sérgio Conceição apostou em Zaidu para essa posição e o internacional nigeriano até cumpriu na generalidade a sua missão, mas levanta-se agora a dúvida em saber se continuará no onze ou poderá ceder a posição a Wendell. O brasileiro lesionou-se na visita ao Antuérpia (4-1), jogo da Liga dos Campeões realizado em Outubro, e foi substituído aos 44 minutos, dando lugar a Evanilson, que viria a apontar um hat-trick. Durante quase dois meses esteve a realizar tratamento a uma lesão muscular no gémeo esquerdo, mas agora deixou de figurar no boletim clínico, onde continuam o defesa-central Marcano e também o extremo Gabriel Veron, ambos sem data para voltarem à competição.

Wendell lesionou-se em outubro diante do Antuérpia