Farense denuncia incidente com adeptos: «Barbaramente agredidos»

Farense denuncia incidente com adeptos: «Barbaramente agredidos»

NACIONAL22.10.202321:40

Emblema algarvio revela que dois dos adeptos tiveram mesmo de receber tratamento hospitalar

Em comunicado divulgado na noite deste domingo, o Farense denuncia que alguns adeptos que apoiaram a equipa no jogo com o Vilaverdense, da Taça de Portugal, foram «barbaramente agredidos».

«Sensivelmente meia hora após o fim do jogo e nas imediações do estádio municipal da Cruz do Reguengo, um grupo de adeptos do SC Farense ao dirigirem-se ao autocarro que os transportaria de volta a Faro, foram emboscados por um grupo sensivelmente de 20 a 30 elementos, de rostos tapados e armados com cintos, paus e outros adereços que os agrediram barbaramente», relata o comunicado.

O Farense classifica como «deploráveis, violentos e cobardes» os atos praticados, que foram reportados às autoridades, nomeadamente ao Comandante da Guarda Nacional Republicana (GNR) presente no local. 

«Agressões essas que em nada estiveram relacionadas com o jogo disputado nem com os adeptos do Lank FC Vilaverdense», sublinha.

«Face à gravidade do ocorrido, e recordando que o SC Farense durante a presente época fará um sem número de deslocações a clubes nas imediações da cidade de Braga, apela-se às entidades e autoridades competentes para que de forma célere identifiquem e punam exemplarmente os agressores», refere ainda o emblema algarvio.

O Farense informa ainda que os adeptos agredidos foram prontamente assistidos no local, por uma equipa de emergência médica e pela própria equipa médica da equipa. Dois desses adeptos tiveram, contudo, de ir ao hospital para realizar exames.

Eis o comunicado, na íntegra:

Vídeos

shimmer
shimmer
shimmer
shimmer