Estrela: Pedro Sá de olho na primeira titularidade
Pedro Sá em ação em jogo do Estrela da Amadora, pela Liga. Foto: Maciej Rogowski/Imago.

Estrela: Pedro Sá de olho na primeira titularidade

NACIONAL21.09.202316:55

A integração positiva desde que se juntou à equipa tricolor e a entrada positiva em campo frente ao FC Porto poderão conduzir Pedro Sá à sua primeira presença como titular

O Estrela da Amadora tem tido no seu meio-campo um dos setores mais preenchidos e, como tal, a disputa por lugar tem sido pautada pelo equilíbrio, não existindo para já uma dupla definida para Sérgio Vieira no miolo dos tricolores.

Entre as opções existentes para o centro do terreno, Aloísio, Vitó e Léo Cordeiro já figuraram como escolhas iniciais numa disputa que também inclui Pedro Sá, que tem ganho preponderância jornada a jornada e é candidato forte a ganhar o seu lugar no onze já na jornada que se segue, na qual o Estrela rumará a Trás-os-Montes para defrontar o Desportivo de Chaves.

Sá entrou para a última meia hora da reação ao FC Porto, rendendo Aloísio, e trouxe solidez ao setor num período em que o Estrela procurava anular a desvantagem mínima que o separava dos dragões no resultado. Não o conseguiu, é certo, mas deixou sinais promissores que poderão possibilitar-lhe uma oportunidade no alinhamento inicial.

A confirmar-se a entrada de Pedro Sá, reforço dos tricolores para a presente temporada, nos eleitos para começar a partida em Chaves, esta será a primeira titularidade para o médio de 29 anos desde que rumou à Reboleira para ser utilizado em cada uma das cinco jornadas já realizadas, mas sempre a saltar do banco de suplentes.

Esta possível alteração confirmará um processo de constante transformação na intermediária do Estrela, que consiste numa concorrência saudável, mas extremamente apertada por um lugar, o que levará a que todos os elementos que o compõem alimentem a esperança de somar minutos.

Recorde-se que a primeira dupla a ser utilizada no centro do terreno – o Estrela utiliza um sistema de 3x4x3, com dois homens a par no meio-campo - transitou da época passada, com Aloísio em parceria com Vitó. Porém, Léo Cordeiro estreou-se como titular na deslocação ao Benfica e não mais perdeu o lugar, ao lado de Aloísio…que tem agora Sá na sua peugada e ainda o jovem Manuel Keliano, que também aguarda pela sua oportunidade.

O Estrela deu continuidade à sua preparação para a partida marcada para este domingo com uma sessão conjunta realizada esta manhã, à porta fechada, no Benfica Futebol Campus, no Seixal, onde defrontou o Benfica B e saiu vencedor por 4-1 (os marcadores dos golos não foram divulgados).