Estoril: vitória sobre o Amora, à porta fechada e sem marcadores
Um grupo alargado de jogadores do Estoril, assim como vários elementos dos respetivos equipa técnica e staff, celebram um golo pela Liga de futebol. Foto: Maciej Rogowski/Imago.

Estoril: vitória sobre o Amora, à porta fechada e sem marcadores

NACIONAL22.12.202320:00

Canarinnhos realizaram treino conjunto com o emblema que milita na Liga 3 que se terá refletido em vitória por 2-1

Tal como havia feito saber na véspera, o Estoril terminou a sua semana de trabalho realizando uma sessão de treino diferente, com um treino conjunto com o Amora, que milita na Liga 3, que se reproduziu numa partida de preparação disputada no Estádio António Coimbra da Mota. 

A partida disputou-se à porta fechada e a sete chaves ficaram também as informações e incidências relativas à partida que, apurou A BOLA, os canarinhos venceram por 2-1 como produto final de uma partida que, no espírito de uma sessão de treino para os dois conjuntos, teve contornos diferentes do habitual, inclusivamente no que diz respeito ao tempo de jogo.

Ao invés dos habituais 90 minutos divididos por duas partes, a sessão de trabalho entre estorilistas e amadorenses contou com duas partes de 60 minutos, permitindo assim aos treinadores das duas equipas conceder mais minutos de utilização à maioria dos jogadores disponíveis para a partida, de parte a parte.

Relativamente ao encontro, não foram divulgadas informações sobre os jogadores utilizados nem tão-pouco a identidade dos marcadores dos golos da partida, prevendo-se, à partida, que o treinador do Estoril, Vasco Seabra, não tenha contado com reforços oriundos da equipa sub-23, ao contrário do que tem sucedido em anteriores jogos de preparação. A razão é simples: a segunda equipa dos canarinhos tem jogo agendado para este sábado, também no Estádio António Coimbra da Mota, perante o Benfica.

Em função do foco absoluto dos sub-23 na receção aos encarnados, que terminará a primeira fase da Liga Revelação – o emblema da Linha de Cascais está qualificado para a ronda de apuramento de campeão, e com o primeiro lugar já garantido – apenas os elementos ligados à equipa principal, reforçados com Michel, que assumiu provisoriamente o lugar do lesionado Alex Soares no plantel, terão defrontado o Amora, não sendo do conhecimento público as identidades dos atletas utilizados na sessão realizada na manhã desta sexta-feira.