Estoril: Rodrigo Gomes de volta às opções com fome de competir
Rodrigo Gomes, do Estoril (à esquerda), disputa a posse de bola com Pepê, do FC Porto (à direita), em jogo pela Liga de futebol. Foto: Avant Sports/Imago.

Estoril: Rodrigo Gomes de volta às opções com fome de competir

NACIONAL04.12.202314:54

Ala direito falhou a deslocação ao SC Braga por se encontrar emprestado aos canarinhos pelos minhotos e recuperará com naturalidade o seu lugar no onze na receção ao FC Porto

Este domingo, o Estoril deu início a uma sequência de quatro dias ao nível de uma participação na Liga dos Campeões, tendo em conta a valia dos dois adversários com que se depara. Na véspera, os canarinhos viajaram até ao Minho para defrontar o Sporting de Braga e não conseguiram evitar a derrota (3-1), que pôs termo a uma série muito positiva de três vitórias consecutivas, frente a FC Porto, Casa Pia (pela Liga) e Mafra (pela Taça de Portugal).

Sem tempo para respirar, os canarinhos viajaram de regresso à Amoreira e de imediato começaram a preparar o desafio que se segue, agora respeitante à Taça da Liga, e com uma receção ao FC Porto, atual detentor do troféu. Um duplo compromisso do mais elevado grau de dificuldade que os canarinhos pretendem terminar de forma positiva, discutindo o resultado com os dragões e, de preferência, voltando a surpreendê-los.

Depois de ter vencido em pleno Dragão, pela Liga, o Estoril procura afastar o FC Porto da Taça da Liga, podendo fazê-lo caso repita o triunfo alcançado pelo campeonato, que valeria apuramento automático para a final four da competição. Para este embate altamente complicado, Vasco Seabra já contará com Rodrigo Gomes, titular indiscutível que não pôde dar o seu contributo à equipa frente ao SC Braga por encontrar emprestado pelos minhotos.

O Estoril chegou mesmo a estar a vencer na Pedreira, mas a ausência do internacional sub-21 fez-se notar na habitual dinâmica e processo ofensivo dos canarinhos. No seu lugar jogou Wagner Pina, que se estreou a titular no campeonato, que cumpriu prestação esforçada tanto na direita como pela esquerda, onde terminou a partida após a substituição de Tiago Araújo aos 79 minutos, mas não fez esquecer o companheiro de equipa, mais rodado.

Rodrigo Gomes voltará, com toda a naturalidade, ao onze estorilista…e fá-lo-á no máximo das suas capacidades, ao contrário dos restantes companheiros, que foram obrigados a uma tarde de desgaste frente ao SC Braga, e até os seus adversários, visto que o FC Porto competiu este sábado frente ao Famalicão, vencendo por 3-0. Recorde-se que o jovem de 20 anos não competiu este fim-de-semana e voltará certamente com fome de competir.

Rodrigo poderá encontrar no segundo de quatro confrontos com os azuis-e-brancos Estoril e FC Porto ainda medirão forças por outras duas vezes, em ambos os casos na Amoreira, pela Taça de Portugal, em janeiro, e na segunda volta do campeonato, em março – uma nova oportunidade para se destacar e chamar atenções, como tem sucedido ao longo da presente época, na qual contabiliza quatro golos e três assistências em 14 partidas realizadas.