Bronca de Deco a De Jong e Barça a ferro e fogo
Frankie de Jong. Foto IMAGO

Bronca de Deco a De Jong e Barça a ferro e fogo

INTERNACIONAL14.12.202311:24

Depois de perder com o Girona para a La Liga, o Barça foi derrotado pelo Antuérpia (2-3), que ainda não tinha qualquer ponto na Liga dos Campeões.

Está a ferro e fogo o Barcelona depois das derrotas com o líder e vizinho Girona e agora no terreno do Antuérpia, que não tinha somado qualquer ponto na Liga dos Campeões.

Se o treinador, Xavi, diz que «a derrota que provocou dano foi contra o Girona e não esta com o Antuérpia», a imprensa espanhola dá grande destaque ao que parece ter sido a recusa de Frenkie de Jong em viajar para a Bélgica, havendo referência a uma dura conversa que Deco, antigo jogador do FC Porto e diretor-desportivo do clube catalão, teve com o médio neerlandês. 

Mas vamos ao início de mais uma polémica no Barça. Causou estranheza Xavi ter colocado na lista de convocados os nomes de Lewandowski, Gündogan e Ronald Araújo, já que nada estava em jogo, com os catalães a terem garantido o primeiro lugar na jornada anterior. Estavam as estrelas, mas não estava De Jong, com a justificação de que devia a um estado febril.

Versão diferente deu o jornalista Marius Carol no programa ‘El Món’ da ‘RAC 1’. 

«Uma pessoa muito próxima de mim disse-me que quando os jogadores estavam a caminho de Antuérpia, prestes a embarcarem no avião, Deco telefonou a De Jong, que lhe terá dito: "Estou doente". Deco responde-lhe assim: "O que queres dizer com isso, estás doente, o médico certificou-o?”. É aí que Frenkie diz que tem febre. Há uma discussão. Deco não acredita que De Jong esteja doente e acha que é uma desculpa», garante Carol.