Benfica: a conferência de Roger Schmidt na íntegra
Roger Schmidt em conferência de imprensa. Foto: IMAGO/GEPA pictures

Benfica: a conferência de Roger Schmidt na íntegra

NACIONAL09.01.202414:30

Treinador alemão fez esta terça-feira a antevisão para o duelo desta quarta-feira com o SC Braga, na Luz, para a Taça de Portugal

— De que forma perspetiva o jogo com o SC Braga?

— Espero um jogo difícil para o Benfica,  a Taça é sempre especial, pois uma equipa estará fora depois do jogo, gosto muito desta competição, sabemos que é uma boa equipa, mas jogamos em casa, estamos em boa forma e temos a confiança para podermos ganhar, estamos preparados para um jogo duro.

— Gonçalo Guedes vai sair? E se a resposta for afirmativa, qual a razão de não ter resultado?

— Não posso confirmar nada. O Gonçalo é um jogador importante para o Benfica. Acho que devido às lesões que sofreu, no ano passado e em setembro, continua afetado. É sempre difícil. Não teve uma pré-época para atingir um nível alto. Foi jogando. Mas nunca de forma consistente. Por isso muitas vezes só conseguiu jogar entre 20 e 25 minutos. É um excelente jogador, perigoso a nível de finalização. Para chegar ao nível de topo terá de fazer mais jogos e, claro, a condição física tem de melhorar. Temos de apoiá-lo, ele está sempre positivo. A época ainda não terminou e há outros outros jogadores, como Neres, Bernat, Tengstedt, que têm sofrido lesões e vão precisar de tempo para chegar à boa forma.

— Vai ter muitos jogos, como irá gerir a equipa?

— A maioria dos jogadores está em forma, é nisso que penso como treinador, temos de focar-nos em cada jogo, na melhor abordagem para ganhar o jogo, na Taça se perdermos estamos fora, no campeonato precisamos também de muitas vitórias para sermos campeões. Queremos os melhores jogadores em campo, mas se jogarmos muito em poucos dias temos de admitir algumas mudanças, alguns jogadores estão cansados ou não estão na melhor forma, outros estão realmente na melhor forma possível. No fim, depende sempre dos jogadores o tempo de jogo que têm, não interessa se começam de início ou entram mais tarde. Precisamos de concorrência na equipa, o espírito está ótimo, os jogadores estão muito bem ligados, mas concorrem uns com os outros pois querem começar de início.

— Pode detalhar o momento de regresso dos lesionados?

— É um bocadinho diferente, quanto a Bernat não estamos totalmente seguros em relação ao momento em que o poderemos ter novamente recuperado, mas estou muito otimista em relação a David Neres e a Bah, de que possam regressar em duas ou três semanas, suficientemente em forma para poderem ser opções para a equipa. Casper [Tengstedt] talvez no fim do mês, mas veremos. Todos estão a recuperar bem no treino individual, esperamos que integrem depois o treino da equipa e fiquem prontos.

— Como está a decorrer a preparação de Marcos Leonardo?

— Já tinha dito que não jogou durante quatro semanas, vinha de quatro semanas sem treinos, mas a minha primeira impressão é muito boa. Ele está otimista, o que posso dizer é que durante os treinos está a demonstrar uma constante ligação com os colegas. Vai ser convocado, mas sabemos que não vai conseguir jogar durante muitos minutos. Mas será uma boa ideia ter alguns minutos amanhã. Vai ser essa a nossa abordagem. Desenvolvê-lo e dar-lhe minutos com a equipa.

— Benfica foi eliminado pelo SC Braga na época passada, preocupa-o?

— Não vamos perder o jogo porque fomos eliminados na época passada ou porque vencemos há umas semanas, é sempre um novo jogo, fizemos bom jogo no ano passado apesar de termos um cartão vermelho muito cedo, fizemos muito bom jogo com 10 homens, perdemos nas grandes penalidades, mas agora começa do zero e se queremos estar na próxima ronda temos de fazer bom jogo.

— João Neves estreou-se num jogo com o SC Braga há sensivelmente um ano. Poderá haver uma nova aposta em alguém da formação do Benfica?

— Espero que sim, seria bom, penso que há sempre potencial na formação do Benfica para surpresas, temos muitos jovens da academia a jogar, não apenas João Neves. João Neves e António Silva parece que já são jogadores muito experientes, mas só têm 20 anos. Morato está lá, Florentino, Tomás Araújo está a ir muito bem, quer como central, quer como lateral esteve muito bem, estamos sempre abertos para outros jogadores da academia, é a filosofia do Benfica. Tentamos dar-lhes a possibilidade de se treinarem connosco, para terem o feeling, a possibilidade de conhecerem os companheiros da primeira equipa, estamos sempre perto deles, depois é com eles jogarem bem na B ou nos sub-23, estamos sempre abertos, o nosso plantel não é muito grande, temos abertura para isso, é propositado.