Tiro de Abreu desfaz equilíbrio e encaminha Sporting B para a liderança
Diogo Abreu encaminha-se em campo ao serviço do Sporting B, em jogo pela Liga 3 em futebol. Foto: Sporting Clube de Portugal

Liga 3 Tiro de Abreu desfaz equilíbrio e encaminha Sporting B para a liderança

NACIONAL08.12.202319:47

Um remate de fora da área de Diogo Abreu garantiu o triunfo (2-1) do Sporting B sobre o Atlético e a ascensão, ainda que a título provisório, à liderança isolada da Série B

Sporting B e Atlético apresentavam-se para um duelo direto em igualdade de circunstâncias, partilhando o terceiro lugar da Série B da Liga 3, com 20 pontos conquistados, e até somando o mesmo número de golos marcados (18). No final, prevaleceram os leões graças a um potente tiro de Diogo Abreu, aos 59 minutos, que permitiu desfazer a igualdade com que as duas equipas haviam saído para intervalo e permite, como bónus, que os leões possam dormir na liderança da classificação pelo menos até este sábado.

Os dois conjuntos partilhavam o desejo de se destacar relativamente ao seu opositor e chegar à liderança isolada de forma provisória e tal denotou-se pelo início de jogo particularmente eficaz de parte a parte, a começar pelo Sporting B, que abriu o marcador aos 12 minutos numa jogada de grande sentido coletivo que levou a um cruzamento venenoso de Mamede que saltitou pela área até chegar ao desvio de Rafael Nel, solto na área dos alcantarenses.

O Sporting B apenas teve dois minutos para saborear a vantagem, já que a resposta do Atlético foi igualmente eficaz e aos 14’ os visitantes repuseram a igualdade através de um canto batido pela esquerda por Tiago Morgado para cabeçada certeira de João Costa, que realizava a sua primeira aparição oficial na presente temporada e se estreou igualmente a marcar na Liga 3.

A partida estabilizou e o equilíbrio entre os dois emblemas foi nota dominante no restante primeiro tempo, que registou mais um par de situações de perigo relativo, com destaque para duas impulsões de João Muniz na área do Atlético sendo que a segunda, aos 31’, levou a um cabeceamento que passou perto do poste direito da baliza visitante.

A segunda parte começou igualmente equiparada a nível tático e físico, mas à passagem da hora de jogo os jovens leões desbloquearam a partida com um poderoso remate exterior de Diogo Abreu que parecia bem encaminhado pelo que, em desespero, João Freitas ainda saltou em direção da bola a desviá-la com a cabeça, mas sem conseguir impedir o segundo golo dos leões. Estava alcançado o segundo golo da partida…e de caráter decisivo, já que os verdes e brancos conseguiram controlar quase sempre bem o ímpeto adversário.

A diferença mínima mantinha em aberto as esperanças do Atlético que, apesar de muita presença na área sportinguista, raramente conseguiu rematar e colocar a baliza de Diego Callai em perigo, tendo apenas conseguido aproximar-se da igualdade aos 85’, em lance em que David Dinamite se encontrava em posição privilegiada para marcar, mas acertou mal na bola com o pé esquerdo e esta não se encaminhou na direção da baliza.

O Sporting B conseguiu segurar o triunfo, ascendeu aos 23 pontos e garantiu, por isso, a subida à liderança da Série B por pelo menos 24 horas ao ter ultrapassado de forma provisória SC Covilhã (22 pontos) e Académica (21 pontos), que apenas entrarão em campo no fim de semana com o objetivo de voltar a destronar os leões da liderança da classificação. Por seu turno, o Atlético (20 pontos) fica com a sua posição em lugar de subida à mercê de Caldas (19 pontos) e Alverca (18 pontos), que ainda têm as respetivas partidas por realizar.