Sporting: Gyokeres imparável para a Atalanta
Viktor Gyökeres, do Sporting, celebra um golo marcado em jogo pela Liga de futebol. Foto: Maciej Rogowski/Imago.

Sporting: Gyokeres imparável para a Atalanta

NACIONAL28.11.202322:45

De volta ao onze, será a grande arma de Amorim depois de já ter sido eleito o melhor avançado da Liga em outubro e novembro

Gyokeres tem tudo para ser opção a titular pelo Sporting amanhã frente à Atalanta. O avançado é visto como a grande arma do plantel de Rúben Amorim e o momento de forma não engana: em 15 jogos, 13 golos e quatro assistências em 2023/24.

 Se olharmos com maior precisão para as estatísticas, Gyokeres já ultrapassou a marca do Coventry. Por esta altura, na temporada passada, tinha cinco golos no mesmo número de jogos. Agora, tem o bónus das competições europeias, nas quais leva dois remates certeiros até ao momento.

 O camisola 9 marcou frente ao Sturm Graz e, curiosamente, na 1.ª volta com a Atalanta em Alvalade, não evitando, contudo a derrota (1-2). O sueco tem sido um verdadeiro abono de família, quer em golos como em assistências. E as exibições do goleador de 25 anos voltam a fazer com que os treinadores o elegessem como melhor avançado da Liga, agora nos meses de outubro e novembro, com 26,19 por cento dos votos, ultrapassando a concorrência de André Luís (Moreirense) e Banza (SC Braga).

Amorim vai decerto aproveitar o poderio físico do jogador para enfrentar a defesa da Atalanta — amanhã às 17.45 horas, na 5.ª jornada do grupo D da Liga Europa. Mas a entrada de Gyokeres na vez de Paulinho não será a única alteração que o treinador vai promover relativamente ao onze que iniciou o jogo com o Dumiense, no domingo — 8-0 na Taça de Portugal.

Desde logo porque na frente se esperam os regressos de Edwards e de Pedro Gonçalves nos lugares de Trincão e Geny Catamo. De volta à baliza estará Adán, com Israel a regressar ao banco. Coates manterá a titularidade na defesa mas Matheus Reis deve ceder a esquerda a Gonçalo Inácio e Neto a direita a St. Juste ou Diomande — o marfinense, no entanto, pode ser poupado devido a problema físico. Na linha de quatro no meio-campo, Esgaio, Hjulmand e Nuno Santos preparam-se para manter estatuto titular, já Bragança, em dúvida, deve ceder o lugar