Sérgio Vieira elogia o plantel do Estrela: «Sempre que mexemos, as coisas acabam por dar resultado»
Sérgio Vieira concentrado antes de mais um jogo do Estrela da Amadora pela Liga de futebol. Foto: Maciej Rogowski/Imago.

Sérgio Vieira elogia o plantel do Estrela: «Sempre que mexemos, as coisas acabam por dar resultado»

NACIONAL29.10.202321:58

Treinador dos amadorenses mostrou-se agradado pela resposta dos seus jogadores quando realiza alterações, permitindo-lhe conseguir resultados positivos como no encontro ante o Famalicão

Residiu numa substituição de sucesso a chave para a vitória do Estrela da Amadora: Sérgio Vieira deitou mão a André Luiz aos 73 minutos e aos 74’ o brasileiro obteve o único golo da partida frente ao Famalicão. 

Na conferência de imprensa pós-jogo, o técnico optou por dividir o mérito e enaltecer o trabalho e qualidade de todo o plantel que tem ao dispor, o que facilita a sua decisão no momento de decidir mexer na equipa em fases determinantes na discussão pelo resultado, como sucedeu neste encontro em particular.

«Durante o jogo acontece isso e ultimamente, já no ano passado foi igual - sempre que mexemos, as coisas acabam por dar resultado de uma forma positiva. Aconteceu-nos hoje, já tinha acontecido contra o SC Braga e no Casa Pia. São conclusões que vocês (ndr: imprensa) é que têm de fazer, mas as mexidas servem para isso. São cinco, se eu pudesse tinha mais para dar oportunidade a todos os que estão no banco, eles merecem», elogiou o treinador, satisfeito com o rendimento dos seus jogadores.

O treinador estrelista salientou que não foi fácil perfurar a defensiva do Famalicão, adversário que se fechou com afinco e obrigou os amadorenses a ter de encontrar diferentes soluções para conseguir, finalmente, marcar.

 «Desbloqueámos, tentámos dar profundidade nos corredores laterais no corredor central, circular a bola à largura tentando primeiro chamar a pressão do Famalicão apesar de não ser fácil, porque estava confortável e a jogar fora e em inferioridade numérica um ponto acabava por ser positivo para eles», salientou.

O triunfo alcançado sobre os famalicenses, o terceiro consecutivo e o terceiro por 1-0, foi também o terceiro com António Filipe na baliza, o que significa que o experiente guardião ainda não foi batido desde que assumiu a titularidade nas redes. Em função disso, Sérgio Vieira mostrou-se muito satisfeito por esse facto e direcionou elogios ao seu guardião. «É importante e merece, até pela carreira que fez e pelo homem que sem dúvida ele é», dirigiu por fim ao agora dono das redes dos tricolores, que substituiu Bruno Brígido, que recupera de grave lesão.