Roma rejeita a Superliga, por «compromisso com os valores e o futuro do futebol europeu»
Foto IMAGO/Insidefoto

Roma rejeita a Superliga, por «compromisso com os valores e o futuro do futebol europeu»

INTERNACIONAL21.12.202314:43

A equipa treinada por José Mourinho é o primeiro conjunto italiano a recusar a nova competição

A AS Roma tornou-se o primeiro clube italiano a rejeitar publicamente a nova Superliga Europeia, que classifica como «um ataque à importância das ligas nacionais e das fundações do futebol europeu».

Pode ler-se, em comunicado: «Na sequência do acórdão de hoje proferido pelo Tribunal de Justiça da UE sobre o caso da Superliga Europeia, a AS Roma reitera a sua posição de compromisso com os valores e o futuro do futebol europeu. O clube não apoia de forma alguma qualquer projecto denominado 'Superliga', que representaria um ataque inaceitável à importância das ligas nacionais e aos fundamentos do futebol europeu. A AS Roma acredita que o futuro bem-estar do futebol europeu só pode ser garantido através do trabalho conjunto dos clubes através da Associação Europeia de Clubes, em forte parceria e colaboração com a UEFA e a FIFA.»

Desde que José Mourinho assumiu o comando dos giallorossi, há duas épocas, a equipa venceu a Liga Conferência e chegou à final da Liga Europa, que perdeu frente ao Sevilha.