Presidente garante que Boavista «não está morto» antes de anunciar pagamento dos salários em atraso
Vítor Murta, presidente do Boavista. Foto: IMAGO

Presidente garante que Boavista «não está morto» antes de anunciar pagamento dos salários em atraso

NACIONAL29.12.202313:22

Vítor Murta anunciou que os salários em atraso, correspondentes a outubro e novembro, foram pagos esta sexta-feira

À margem da apresentação de Ricardo Paiva como novo treinador do Boavista, o presidente Vítor Murta aproveitou para anunciar que os salários em atraso dos jogadores foram saldados esta sexta-feira, fazendo questão de realçar que o clube «não está morto».

«Para reanimar é precisar estar morto e aqui ninguém está morto. O que tenho visto nos jornais é uma falácia. O Boavista tinha dois meses de salário em atraso e parece-me que essas circunstâncias não matam ninguém. Há mais clubes com salários em atraso e não vejo ninguém a escrever sobre isso. Entendo que a dimensão do Boavista seja diferentes dos restantes. Hoje os salários vão ficar totalmente resolvidos e parcialmente os dos funcionários, que acabarão por ficar resolvidos nos próximos dias. Vi num jornal que os funcionários fizeram greve, mas isso não corresponde à verdade. Aqui temos dificuldades mas as pessoas são dignas e trabalhadoras. Temos dificuldades sim, mas quem é que não as tem?», disse Vítor Murta.

Vítor Murta foi ainda confrontado com o alegado interesse do Benfica no jogador Pedro Malheiro, mas o líder dos axadrezados preferiu dar destaque ao motivo da conferência, a apresentação de Ricardo Paiva.

«Não é bom falarmos demais porque pode afetar a cabeça dos atletas. O Pedro Malheiro está no mercado como estão os outros jogadores. Se as propostas forem boas para o Boavista, iremos analisar. Mas hoje é um dia especial para o nosso treinador, que vai assumir esta equipa técnica até ao final da época e esperamos que tudo corra bem. Já demonstrou a sua competência ao longo dos sete anos que tem estado cá. Tem feito um bom trabalho nas camadas jovens, principalmente nos sub-19. É alguém em quem acreditamos, nunca tive dúvidas de que faria parte da equipa técnica principal do Boavista, sabia que este dia chegaria. Tem um valor reconhecido por todos nós. O momento é este. Quero desejar sorte ao novo treinador do Boavista e tenho a certeza que ficará por cá durante muito tempo».

Ricardo Paiva já tinha orientado o Boavista no último encontro, juntamente com Jorge Couto, mas agora é confirmado como treinador principal, embora não tenha o nível IV do curso, motivo pelo qual será Jorge Couto a figurar nas fichas como tal.