Os números notáveis do Rio Ave na segunda volta
Luís Freire, timoneiro do Rio Ave (foto: IMAGO)

Os números notáveis do Rio Ave na segunda volta

NACIONAL15.05.202416:06

Turma de Luís Freire protagoniza a melhor segunda metade de campeonato da sua história, tendo averbado apenas uma derrota nesse período; em curso a maior série de invencibilidade do clube no principal escalão (11 partidas)

Em Vila do Conde, a calculadora já não é necessária para se fazer contas à manutenção, mas o duelo com o Benfica, relativo à última jornada do campeonato, marcado para sexta-feira, é uma oportunidade para fechar em alta, perante os seus adeptos, uma segunda volta de grande nível do Rio Ave.

Vamos aos números: a formação comandada por Luís Freire perdeu apenas um jogo em toda a segunda volta, até ao momento (16 jornadas), na difícil deslocação a Famalicão (1-2), na já longínqua ronda 22 da Liga. Desde então, os vila-condenses somam por vitórias ou empates todos os encontros que disputaram, seja nos Arcos seja fora de casa, elevando a série de invencibilidade para 11 partidas, entre as quais se destacam as igualdades alcançadas diante de Sporting (3-3) e SC Braga (0-0) e o triunfo ante o Vitória de Guimarães (2-1).

Além do ciclo de 11 duelos sem conhecer o sabor da derrota, um recorde em Vila do Conde, registam-se ainda outros dados superlativos, que explicam o bom desempenho da equipa: o Rio Ave tem a segunda melhor defesa da 2.ª volta do campeonato, tendo concedido 14 golos apenas. Só o Sporting, com 12, apresenta maior solidez defensiva na segunda metade da Liga.

Apesar do bom desempenho fora de casa, é na fortaleza do Estádio dos Arcos que o conjunto rio-avista amealha mais pontos, sendo que apenas os três grandes têm menos derrotas na condição de visitado: Sporting (0), Benfica (0), FC Porto (2), Rio Ave (3), SC Braga (3).

Luís Freire é já o segundo treinador da história com mais partidas à frente do emblema de Vila do Conde (vai atingir os 118 jogos esta sexta-feira), sendo que só Sérgio Conceição, Paulo Sérgio e Rúben Amorim se encontram há mais tempo num clube do principal escalão.

Com a manutenção assegurada, o Rio Ave procura ascender ao nono lugar e ultrapassar o Farense na derradeira jornada, mas para tal precisa de vencer e esperar que os algarvios não batam o Portimonense, que ainda luta para fugir ao lugar de play-off.