Histórico: Marie-Louise Eta vai ser a primeira adjunta numa equipa da Bundesliga

Histórico: Marie-Louise Eta vai ser a primeira adjunta numa equipa da Bundesliga

Saída do suíço Urs Fischer aconteceu após início de época desastroso no Union Berlim

O despedimento de Urs Fischer do comando técnico do Union Berlim vai abrir caminho a mais uma página de história na Bundesliga.

Até aqui treinador dos sub-19, tendo orientado a equipa na Youth League, Marco Grote vai ser o treinador interno, anunciou o clube da capital alemã em comunicado, e terá como adjunta Marie-Louise Eta, que, assim, se tornará na primeira mulher a fazer parte de uma equipa técnica de uma equipa da Bundesliga.

Antiga internacional alemã, Eta, 32 anos, retirou-se em 2018 e, desde então, abraçou a carreira de treinadora, começando nas camadas jovens do Werder Bremen, passando daí para a seleção sub-17 da Alemanha até chegar ao Union.

Já em 2017/18, a Bundesliga fez história, quando, pela primeira vez, uma árbitra (Bibiana Steinhaus) apitou um jogo do principal campeonato alemão, no caso um Borussia Dortmund-Bayern Munique.

Marie-Louise Eta

A estreia de Marie-Louise Eta no banco acontecerá a 25 de novembro, frente ao Augsburgo e, se a equipa de Berlim não anunciar novo treinador definitivo entretanto, também estará em Braga para o duelo com os minhotos, na Liga dos Campeões, no dia 29.