Estrela da Amadora: lobo em pele de Cordeiro tem sido destaque
Léo Cordeiro (à direita) troca impressões com Léo Jabá (à esquerda) em jogo do Estrela da Amadora pela Liga de futebol. Foto: Maciej Rogowski/Imago.

Estrela da Amadora: lobo em pele de Cordeiro tem sido destaque

NACIONAL25.12.202321:55

Médio tem sido preponderante para a estratégia dos tricolores, competindo sem interrupções desde outubro; é detentor de uma das melhores percentagens de passes certos de todo o campeonato

Ao contrário de grande parte dos emblemas que disputam a Liga, o Estrela da Amadora não se deu ao luxo de parar, concentrado no facto de ter pela frente o primeiro encontro pós-natalício no principal escalão do futebol português. Os tricolores realizaram sessões de treino na véspera de Natal, dia de Natal e assim sucessivamente até receber o Arouca já esta quinta-feira, na Reboleira, esperando terminar o ano civil da melhor forma e celebrando um êxito junto dos seus adeptos.

Aguarda-se para perceber se o Estrela terá novidades no sapatinho na convocatória que se segue – a recuperação dos oito futebolistas que têm estado entregues ao departamento médico – mas, até lá, será praticamente certo que Sérgio Vieira continuará a contar com a influência de Léo Cordeiro, que imune às lesões que têm afetado o setor que ocupa tem representado um verdadeiro líder de meio-campo nas últimas semanas em que os tricolores têm resistido às circunstâncias adversas.

Um verdadeiro lobo em papel de Cordeiro tem sido protagonista no meio-campo estrelista, contabilizando 15 participações num total de 17 encontros já realizados pela equipa, aos quais ainda junta dois golos. Exemplo claro da sua regularidade no centro do terreno, já que além da chegada que demonstra no processo ofensivo o atleta de 28 anos ainda se faz notar por um elemento sem receio de pressionar de forma constante e emprestar capacidade física em prol do sucesso da equipa…e criatividade para que outros possam também brilhar.

Os números, de resto, provam-no: Léo Cordeiro é, ao dia de hoje, o 11.º jogador com maior percentagem de passes certos, atingindo impressionantes 65.6% no seu somatório de encontros na Liga. Para chegar a essa meritória avaliação, o brasileiro foi responsável por 8.36 passes para a frente, quantidade elevada tendo em conta que recebeu 21.45 passes provenientes dos seus companheiros e que se superioriza aos passes para trás, que se estabelecem em 6.5, numa eficácia total de 92.6%.

As estatísticas não mentem e ilustram bem a importância do centrocampista para o bom funcionamento do processo do Estrela, que certamente contará com o camisola 22 para enfrentar o Arouca - Léo Cordeiro tem jogado de forma persistente nos últimos três meses, tendo falhado pela última vez um jogo oficial dos amadorenses no início de outubro, mais precisamente no triunfo sobre o Casa Pia, pela 8.ª jornada da Liga – e depois nunca mais parou.

Em caso de sucesso, o Estrela ascenderá provisoriamente ao sétimo posto da tabela classificativa e estará em mais uma noite de entrega e eficácia deste incansável médio uma eventual noite de êxito do coletivo amadorense.