Destaques do Rio Ave: Jhonatan com capa de super-herói

Destaques do Rio Ave: Jhonatan com capa de super-herói

NACIONAL21.01.202421:37

Penálti com recarga não abateu o homem do jogo em Chaves. O guarda-redes do Rio Ave ditou leis em Trás-os-Montes

Jhonatan (9)

Um guarda-redes especializado em defender penáltis, mas na realidade defendeu dois: um da marca dos onze metros, de Héctor Hernández, e outro em movimento, de Steven Vitória, numa recarga bem executada e travada pela classe imensa do brasileiro. Tudo isto entre os minutos 89 e 90, um vulcão de emoções incontroláveis num final de tarde que trouxe sorrisos aos vila-condenses e amargura aos transmontanos . Na primeira parte já fora determinante com um par de boas defesas.

O Rio Ave demorou uns bons 15 minutos a assentar o jogo, libertando-se do colete-de-forças que o Chaves lhe quis vestir para, depois sim, equilibrar a batalha. Ainda assim, num desafio em que o drama desceu à relva aos 89 minutos, quando Miguel Nóbrega carregou Hector na área – o piso escorregadio traiu o central. Jhonatan salvou o Rio Ave, mas até chegar a esse momento o crescimento da equipa foi lento, isto porque Guga não esteve no seu nível habitual, valendo ao conjunto de Luís Freire as iniciativas de Fábio Ronaldo. O extremo descobriu Costinha na área, mas o lateral falhou o cabeceamento de forma incrível. Também Leonardo Ruiz teve a sua chance de brilhar, porém o centro açucarado de Miguel Nóbrega não foi aproveitado da melhor forma pelo atacante, que teve espaço para fazer mais. Amine foi dos mais trabalhadores, contudo, o que sobrou em alma faltou em imaginação ao coletivo de Luís Freire.

As notas dos jogadores do Rio Ave: Jhonatan (9), Panatalon (6) Josué (6), Miguel Nóbrega (4), Costinha (5), João Graça (5), Amine (5), Guga (4), Fábio Ronaldo (6), Boateng (5) e Ruiz (4), Joca (5), Aziz (5), Zé Manuel (5), Hélder Sá (-) e Tanlongo (-)

Tags: