Destaques do Estrela da Amadora: lobo em pele de Cordeiro
Léo Cordeiro durante o aquecimento do Estrela da Amadora para jogo pela Liga de futebol. Foto: Maciej Rogowski/Imago.

Moreirense-Estrela da Amadora, 2-2 Destaques do Estrela da Amadora: lobo em pele de Cordeiro

NACIONAL07.04.202421:42

Léo Cordeiro entrou no segundo tempo e as melhorias no jogo do Estrela foram significativas

Melhor em campo: Léo Cordeiro (Estrela), 7

Entrou no arranque do segundo tempo para o lugar de Léo Jabá e as diferenças saltaram logo à vista. O médio brasileiro conseguiu imprimir aquilo que estava a faltar ao Estrela no meio-campo, alguém que conseguisse pautar o ritmo necessário para as saídas em transição e soubesse ler o jogo sem bola. O jogador de 28 anos fez o primeiro remate no lance em que o Estrela chega ao 2-1.

A equipa não estava a conseguir impor-se na primeira parte e Sérgio Vieira decidiu mexer nas peças do tabuleiro contra os axadrezados. Pode-se dizer que todas elas foram acertadas, demonstrando uma boa visão tática do técnico do Estrela.

Kikas demonstrou um instinto matador, com Rúben Lima a ser crucial no golo do empate. Outro suplente utilizado que esteve envolvido no lance do primeiro golo foi Léo Cordeiro, o homem do jogo. O médio acrescentou mais capacidade de construção ao meio-campo da formação da Amadora.

Depois de uma primeira parte demasiado apática, Régis conseguiu impor velocidade no flanco esquerdo, com vários cruzamentos perigosos. Destaque ainda para Miguel Lopes, competente no eixo da defesa tricolor,

Mansur cometeu uma grande penalidade, poderia ter sido expulso ainda na primeira parte e, na segunda, foi expulso ao ver o segundo cartão amarelo, isto quando o Estrela procurava reagir.

Notas dos jogadores

Bruno Brígido (4), Kialonda Gaspar (5), Miguel Lopes (6), Diogo Fonseca (5), Hevertton Santos (5), Aloísio Souza (4), André Luiz (6), Mansur (4), Bucca (6), Léo Jabá (5), Ronaldo Tavares (5), Rúben Lima (6), Jean Filipe (5), Regis (6), Kikas (6) e Leó Cordeiro (7).

As estrelas estavam no banco (crónica)

7 abril 2024, 20:33

As estrelas estavam no banco (crónica)

A equipa da casa esteve melhor na primeira parte, mas baixou os níveis de atenção no segundo tempo, período em que o Estrela da Amadora reagiu de forma positiva às substituições operadas por Sérgio Vieira. Os dois golos tricolores tiveram envolvimento de jogadores que começaram no banco.