Boavista: eliminação da Taça deixa marcas e agrava onda de lesões
Panteras caíram nos penáltis frente ao Arouca (Foto: IMAGO)

Boavista: eliminação da Taça deixa marcas e agrava onda de lesões

NACIONAL27.11.202316:38

Além do desaire que ditou o afastamento da prova rainha, os axadrezados regressaram de Arouca com o lote de lesionados mais extenso; Bozenik, Agra e Abascal saíram com problemas físicos; Martim Tavares vai ser reavaliado e poderá ser baixa por mais tempo

Foi uma noite para esquecer para os lados do Bessa. O Boavista caiu na 4.ª eliminatória da Taça de Portugal, em Arouca, no desempate por grandes penalidades (4-3), após um empate (2-2) em 120 minutos, e viu aumentar a lista de lesionados do plantel.

Aliada à eliminação da prova rainha do futebol português, houve uma nova razia na turma de Petit. Ao todo, foram quatro jogadores boavisteiros que saíram do Estádio Municipal de Arouca com queixas: Martim Tavares, Rodrigo Abascal, Salvador Agra, e Robert Bozenik.

A primeira alteração forçada surgiu no início da segunda parte, aos 55 minutos, quando o central uruguaio das panteras foi substituído pelo jovem Martim Tavares.

Depois, pouco antes dos 90 minutos, o recém-entrado avançado teve de sair por queixas no joelho esquerdo, na sequência de um lance com Tiago Esgaio. O jogador de 20 anos teve de abandonar o relvado de maca e vai realizar exames complementares para avaliar a extensão da lesão, pelo que poderá desfalcar os axadrezados por várias semanas.

Também à passagem dos 85 minutos, foi a vez de Bozenik sair do campo, para dar lugar a Jeriel De Santis, e, já no prolongamento, Salvador Agra mostrou-se queixoso e foi substituído por Berna.

Os quatro atletas juntam-se, assim, a César Dutra, Miguel Reisinho, Augusto Dabó e Vincent Sasso no lote de lesionados das panteras, que somam quatro desaires consecutivos, e não vencem para a Liga desde a 5.ª jornada. 

O plantel já treinou esta manhã, às ordens de Petit, tendo em vista a preparação para novo duelo diante dos arouquenses, desta vez para a 12.ª ronda do campeonato, no Estádio do Bessa.

No final do encontro que ditou a eliminação da Taça de Portugal, recorde-se, o presidente do Boavista, Vítor Murta, deixou duras críticas à arbitragem de Fábio Melo.

Presidente do Boavista arrasa arbitragem do jogo com o Arouca

26 novembro 2023, 23:55

Presidente do Boavista arrasa arbitragem do jogo com o Arouca

Vítor Murta foi à sala de Imprensa do Estádio Municipal de Arouca dizer que a sua equipa foi condicionada por várias decisões do árbitro do encontro; «nos jogos dos sub-10 e sub-11 há melhores árbitros», acrescentou; deu os parabéns à equipa técnica e aos jogadores