Norberto Alves: «Limitar estrangeiros não protege o basquetebol nacional»
Norberto Alves, treinador do Benfica, aponta críticas a quem manda no basquetebol português (FIBA)

Norberto Alves: «Limitar estrangeiros não protege o basquetebol nacional»

BASQUETEBOL13.12.202321:50

Treinador do Benfica deixa recados após eliminação das águias da Champions

O Benfica foi eliminado nesta quarta-feira pelo Galatasaray da Liga dos Campeões e, no final do encontro, em declarações à Sport TV, Norberto Alves, treinador do Benfica, criticou a política de jogadores estrangeiros em Portugal.

«Fizemos uma muito boa primeira parte, mas na segunda já não conseguimos colocar os mesmos problemas ao Galatasaray e depois acusámos o esforço de defender daquela maneira. Fomos perdendo discernimento e concentração e contra equipas deste nível isso é muito complicado», introduziu, antes de deixar recados a quem manda no basquetebol português.

«Quem quer crescer e jogar a este nível, tem de jogar a este nível. E há coisas que têm de mudar no basquetebol nacional para podermos competir. Eles jogaram aqui com sete estrangeiros e deixaram dois de fora. Nós internamente não podemos ter essa desvantagem competitiva [são permitidos cinco], quando a FIBA permite jogar com sete estrangeiros nestas provas», aponta.

Na opinião do técnico das águias, a justificação dada para impedir que as equipas lusas contratem mais jogadores não portugueses não tem o efeito pretendido.

«Temos de rever essa situação porque isso, ao contrário do que se diz, não é proteger o basquetebol português, isso é outra história. Proteger o basquetebol nacional passa por dar condições para que nos possamos bater nestas competições», finalizou.