João Almeida assume ter pedido à equipa para estar no Tour de France
João Almeida na Vuelta

João Almeida assume ter pedido à equipa para estar no Tour de France

CICLISMO09.01.202412:36

Ciclista português deu uma entrevista em que assumiu que optou por ficar de fora do Giro e diz que «não é problema seu» a escolha de hierarquias para França

João Almeida, ciclista da UAE, uma das maiores equipas de ciclismo do mundo, disse que pediu diretamente à equipa para fazer parte da comitiva que vai participar no Tour de France.

O português vai fazer parte da equipa liderada por Tadej Pogacar, que almeja fazer a «dobradinha»: vencer Tour e Giro no mesmo ano. Na entrevista que concedeu à Global Cycling Network, o corredor afirmou que a gestão da liderança na equipa para a prova é «um problema para os diretores da UAE». «Acho que, desde que estejamos todos na mesma página, pode funcionar muito bem. Mas se alguém não estiver de acordo, então poderemos ter um problema. Cabe aos diretores administrarem isso, eu farei o meu trabalho e as minhas coisas, então, só posso controlar o que faço, não o que outras pessoas fazem», disse.

A sua ida à Volta a França significa que não fará parte da Volta a Itália, prova em que, na passada edição, ficou em terceiro lugar. Uma decisão que, diz, foi tomada pelo próprio. «Foi decisão minha. Apanhei Covid em 2022 e não consegui nesse ano. Então, antes de passar para o Tour, queria subir ao pódio. Fiz isso este ano [no ano passado] e agora quero virar a página e seguir em frente.» 

Na mesma entrevista, João Almeida divulgou toda a sua agenda para a próxima época: «Vou fazer Algarve, Paris-Nice, Catalunha, Amstel, Flèche, Liège, Suisse e o Tour». «É muita corrida», assume. 

Num outro ponto de vista, o ciclista de 25 anos fala também da perceção que de si existe, sobre tudo nas redes sociais, em que é visto como alguém que nunca desiste, algo que alguns vêem como resiliência, outros como teimosia... «Eu acho que é bom. É a maneira como corro. Acho que este ano foi um pouco menos porque senti que estava mais forte», disse, com um sorriso.