Presidente que agrediu árbitro a soco banido do futebol

Presidente que agrediu árbitro a soco banido do futebol

INTERNACIONAL14.12.202321:24

Decisão tomada pela federação de futebol da Turquia

A federação turca de futebol (TFF), através do seu comité disciplinar, baniu, de forma permanente, Faruk Koca, presidente do Ankaragucu que se demitiu depois de ter esmurrado o árbitro do jogo com o Rizespor, em pleno relvado, na passada segunda-feira.

O árbitro foi hospitalizado – teve alta na quarta-feira – e a federação turca suspendeu as competições de futebol em todo o país, sendo que os jogos serão reatados na próxima terça-feira, mais de uma semana depois do grave incidente.

Faruk Koca foi detido pela polícia e não poderá voltar a exercer qualquer cargo relacionado com futebol no país. Já o Ankaragucu foi punido com multa de dois milhões de liras (cerca de 50 mil euros) e jogará os próximos cinco jogos em casa sem adeptos, depois dos distúrbios causados por estes na invasão de campo.