Os maiores 'fazedores' de golos na Europa: confira a lista (Portugal incluído)
Haaland é o inevitável melhor marcador em Inglaterra (Foto: Action Plus/IMAGO)

Os maiores 'fazedores' de golos na Europa: confira a lista (Portugal incluído)

INTERNACIONAL10.10.202314:44

Quem está de 'pé quente' nos principais campeonatos do Velho Continente; e os principais assistentes nesta fase da temporada

Nomes como Haaland, Bellingham, Mbappé, Lautaro e Santiago Giménez têm estado em destaque neste início de temporada, com muitos golos marcados. O mesmo diz respeito às assistências, com Pedro Neto a merecer estar debaixo dos holofotes por ser um dos líderes das assistências na Premier League. A BOLA mostra-lhe abaixo quem são os maiores 'fazedores' de golos das principais ligas da Europa. 

Erling Haaland (Manchester City) é o melhor marcador da Premier League, com 8 golos, seguido de Alexander Isak (Newcastle) e Heung-min Son (Tottenham), ambos com seis. Mohamed Salah (Liverpool), Jarrod Bowen (West Ham) e Hee-Chan Hwang (Wolverhampton) conseguiram cinco. No capítulo das assistências, destaque para as cinco já conseguidas pelo português Pedro Neto (Wolverhampton), que o coloca no topo da lista, a par de James Maddison (Tottenham) e Kieran Trippier (Nescastle). Salah soma quatro, tal como Olie Watkins (Aston Villa) e Vladimir Coufal (West Ham). 

Em Espanha, há um surpreendente Jude Bellingham a bater toda a concorrência. São já oito os golos do médio inglês do Real Madrid, melhor marcador destacado de La Liga. São mais três do que já conseguiu Robert Lewandowski (Barcelona), Joselu (Real Madrid), o jovem Bryan Zaragoza (Granada), Takefusa Kubo (Real Sociedad) e Álvaro Morata (Atlético Madrid). Também surpreendente é o líder nas assistências: Saúl Níguez, médio dos 'colchoneros', já leva cinco, mais uma do que Álex Baena (Villarreal) Sávio, (Girona), Largie Ramazani (Almería) e Diego Rico (Getafe). Sergi Darder (Maiorca), De Marcos (Athletic), Lewandowski (Barcelona) e Brais Méndez (Real Sociedad) apresentam já três.

Por falar em surpresas, o que dizer dos 13 golos que leva Serhou Guirassy, do Estugarda, na Bundesliga. Harry Kane (Bayern) conseguiu oito, enquanto Victor Boniface (Bayer Leverkusen) e Jonas Wind (Wolfsburgo) marcaram sete. Leroy Sané (Bayern) segue-se com seis, e Maximilian Beier (Hoffenheim), tem cinco. Nas assistências, o lateral-esquerdo Chris Führich, também do Estugarda, lidera, com cinco. Harry Kane confirma o seu papel de 'falso 9' com quatro, tantas quantas as feitas por Xabi Simons (Leipzig) e Julian Brandt (B. Dortmund). Seguem-se 13 jogadores com três, entre os quais o ex-Benfica Alejandro Grimaldo.

A Ligue 1 é, por sua vez, dominada por Kylian Mbappé. O astro do PSG tem sete golos, mais dois do que Mousa Tamari e Akor Adams (ambos do Montpellier), Mostafa Mohamed (Nantes), Wissam Ben Yedder (Mónaco), Teddy Teuma (Stade Reims) e Nabil Alioui (Le Havre). Nos passes decisivos, a liderança é de Caio Henrique, do Mónaco, com quatro. Oito jogadores somam três: Takumi Minamino (Mónaco), Pierre-Emerick Aubameyang (Marselha) Josué Casimir (Le Havre), Marshall Munetsi (Stade Reims), Shamar Nicholson (Clermont), Téji Savanier (Montpellier), Moses Simon (Nantes) e Florian Sotoca (Lens).

Rei é também na Serie A Lautaro Martínez, avançado argentino do Inter, que já acumulou dez golos. Victor Osimhen (Nápoles) chegou aos seis, mais um do que Nicolás González (Fiorentina), Domenico Berardi (Sassuolo) e Romelu Lukaku (Roma). Nos passes decisivos, há outro 'nerazzurro' no topo. Marcus Thuram, que joga precisamente ao lado de Lautaro na equipa de Simone Inzaghi, atingiu as cinco, com o ex-FC Porto Felipe Anderson (Lazio), com quatro. Há 11 jogadores com três assistências. 

Nos Países Baixos, agora quinto classificado do ranking UEFA, um nome que no verão foi muito associado ao Benfica continua em grande forma. O mexicano Santiago Giménez (Feyenoord) marcou já 12 golos na Eredivise, mais dois que Angelos Pavlidis (AZ Alkmaar). Curiosamente, também o grego chegou a ser noticiado como estando na lista do clube da Luz para substituir Gonçalo Ramos. O veterano Luuk de Jong (PSV) tem sete e Nikolas Agrafiotis (Excelsior) cinco. Três jogadores somam o mesmo total (5) no ranking das assistências: Daan Rots (Twente), Luuk de Jong (PSV) e Calvin Stengs (Feyenoord). Joey Veerman (PSV) e Quentin Timber (Feyenoord) levam quatro. Destaque para a ausência de jogadores do Ajax no topo de ambas as listas, o que é sintomático da crise existente no emblema de Amesterdão.  

Em Portugal, o espanhol Hector Hernández, do Chaves, é o surpreendente melhor marcador da Liga, com sete golos, mais um do que Simon Banza (SC Braga) e Viktor Gyokeres (Sporting). Bozenik (Boavista), Ricardo Horta (SC Braga), Ángel Di María (Benfica) e Paulinho (Sporting) apresentam cinco remates certeiros. Alan, do Moreirense, e Rafa Silva (Benfica) estão no topo das assistências, com quatro. Álvaro Djaló (SC Braga), Maxime Domínguez e Fujimoto (ambos do Gil Vicente), João Camacho (Moreirense), Tiago Silva (V. Guimarães), David Simão (Arouca) e David Neres (Benfica) seguem-se com três.