Nuno Lobo contesta opções de Pinto da Costa
Nuno Lobo entrega candidatura na quinta-feira

Nuno Lobo contesta opções de Pinto da Costa

NACIONAL26.02.202417:38

Candidato à presidência do FC Porto analisa pressupostos da recandidatura do atual líder dos azuis e brancos

Nuno Lobo questiona, numa nota enviada às redações, algumas das opções de Pinto da Costa na condução da sua recandidatura. O primeiro candidato a avançar comentou os pressupostos de um novo avanço do atual líder azul e branco, indicando de forma precisa que, quanto ao «arranque do projeto da academia o mesmo «está mal explicado» e, relativamente às contas da SAD questionando a renuncia a prémios de desempenho da administração quando a questão se relaciona não com o seu pagamento, mas sim com o facto de serem «atribuídos» em épocas «sem resultados».

Eis a nota à imprensa na íntegra:

«Caríssimos Jornalistas

Apelamos a todos os adeptos portistas para estarem presentes em todos os jogos das modalidades do FC Porto.

Na passada sexta-feira recebemos a informação sobre um dos candidatos que não podemos deixar de comentar. Supostamente, haveria três propostas, mas que deveriam ser mais, já que o clube, não pode depender de, unicamente, três propostas, para que o candidato fosse a eleições: 'Coloquei a mim mesmo três metas que se teriam de cumprir para que voltasse a candidatar-me à liderança do nosso amado Futebol Clube do Porto: Chegarmos aos oitavos de final da Champions, O arranque do projeto da Academia e O saneamento das contas da SAD'.

O que nos move é o FC Porto e a gestão do clube que nos parece deficitária face às expectativas. A chegada aos Oitavos Final é excelente, mas insuficiente; O arranque do projeto da academia está mal explicado e ainda não sabemos os contornos do negócio -- se vamos ter um clube (falido) do Porto, como parceiro - precisamos de esclarecimentos;

Quantos as contas, lamentamos que o candidato vá na conversa fiada de outro candidato porque o entendimento é: se o clube apresentar resultados, porque não os prémios? A questão é que estão a ser atribuídos prémios sem resultados. Quanto ao saneamento das contas temos consciência absoluta do valor de gestão e das formas como se gere uma sociedade desportiva. Não aceitamos esta debilidade para o nosso Clube. Resta-nos perceber quais são os rostos da equipa?? Os nossos, não são influencers, muito menos contabilistas de cosmética. São sócios do FC Porto, que votam e têm as contas em dia.

Contávamos com mais».