Mostovoi: «Ninguém me contrata, mas estou a tirar o curso só porque sim»
Alexander Mostovoi em 2023

Mostovoi: «Ninguém me contrata, mas estou a tirar o curso só porque sim»

INTERNACIONAL13.01.202408:53

Antigo internacional russo diz que a experiência não é valorizada: «Nem para sexto treinador me ligaram»

O russo Alexander Mostovoi, que representou o Benfica em duas temporadas (1992/93 e 93/94, tendo nessa época sido emprestado ao Caen e depois transferido para o Estrasburgo) e depois fez grande parte da carreira em Espanha (Celta de Vigo, 8 temporadas, e uma no Alavés), está a tirar o curso de treinador, mas sem grande entusiasmo.

«Somos mais de vinte antigos jogadores a tirar o curso, devemos terminar em setembro ou outubro», conta em entrevista à agência EFE.

Antigos internacionais russos como Arshavin, Sychov, Denisov, Shirokov o Samedov estão no curso», mas Mostovoi, 55 anos, não partilha grande entusiasmo, na verdade alguma revolta.

«Há pessoas que não sabem o que é uma bola a trabalhar em clubes, eu estou no futebol há 30 anos. Sem curso não deixam trabalhar. Isto só acontece no futebol – no hóquei no gelo ou na patinagem isto não acontece», aponta, referindo que a experiência é valorizada.

«Sinceramente, faço só porque sim. Nos últimos tempos fiz um mês… Hoje, amanhã, e pronto», refere. 

Convites para treinar, diz por outro lado, «são coisas da imprensa» e não se vê a voltar a Espanha, apesar de ter nacionalidade espanhola – jogou entre 1996 e 2005, quando se retirou no Alavés, e ainda viveu alguns anos no país antes de regressar à Rússia. «Não, não me vejo a voltar. Pensei que alguém me ligaria para lhes dar uma mão, mas não recebi nenhuma oferta, nem para sexto treinador. Há alguns mais espertos que eu, mas não faço batota», assegura.