Ministério Público quer prisão para adeptos acusados de pendurarem boneco de Vinícius Jr.
Foto IMAGO/Alex Pérez

Ministério Público quer prisão para adeptos acusados de pendurarem boneco de Vinícius Jr.

INTERNACIONAL05.12.202315:56

Gabinete de Madrid pede pena de quatro anos

O Ministério Público de Madrid pediu esta terça-feira uma pena de prisão de quatro anos para os quatro arguidos acusados de pendurarem um boneco de Vinícius Jr. num viaduto da capital.

O incidente aconteceu a 26 de janeiro, aquando do dérbi entre Real e Atlético a contar para a Taça do Rei. Quatro indivíduos, alegadamente ultras da claque Frente Atleti, afeta aos colchoneros, penduraram uma figura que aludia a Vinícius Jr.. O boneco, com uma corda ao pescoço, estava vestido de branco e tinha  escrito «Vinícius» nas costas. Por cima, uma tarja: «Madrid odeia o Real.».

A acusação refere que a Frente Atleti é uma «organização que se identifica com ideais de extrema-direita» e adiciona que «a atitude é um sinal inequívoco de rejeição à cor de pele da vítima e feita para causar intranquilidade.»

Os vários arguidos estão, desde maio, impedidos de se aproximar de Vinícius Jr. e de frequentar qualquer partida de Real ou Atlético de Madrid.