Messi dá razão a Cristiano Ronaldo
Lionel Messi (IMAGO)

Messi dá razão a Cristiano Ronaldo

INTERNACIONAL05.12.202316:34

Campeão do Mundo revela ter pensado rumar à Arábia Saudita e justifica: «conheço o país e sei que criaram competição muito grande, que no futuro se pode tornar numa liga muito importante»

Lionel Messi foi eleito o atleta do ano 2023 pelo jornal norte-americano Time e falou sobre a sua mudança para a MLS. O argentino afirma que a sua prioridade no mercado de verão era voltar ao Barcelona, mas lamenta que o regresso não tenha sido financeiramente viável:

«A verdade é que, felizmente, tinha várias opções em cima da mesa que eram interessantes, mas tive de analisar e pensar bastante, até as discuti com a minha família, antes de fazer a decisão final de vir para Miami. A minha primeira opção era voltar ao Barcelona, mas não foi possível. Tentei voltar, mas não aconteceu.»

O campeão do Mundo revelou que, após não ser possível a mudança para o seu clube de formação, teve que decidir entre o campeonato saudita e o norte-americano, escolha que foi bastante complicada: 

«Também é verdade que pensei bastante em ir para a liga saudita, porque conheço o país e sei que criaram uma competição muito grande, que no futuro se pode tornar numa liga muito importante. Como embaixador de turismo do país, era um destino atrativo para mim, especialmente porque eu gostei de tudo o que visitei, por causa da forma como o futebol está a crescer lá e do esforço que estão a fazer para criar uma competição de topo. Era a Arábia Saudita ou a MLS, e ambas as opções eram bastante interessantes para mim.» 

Messi acabou mesmo por mudar-se para a MLS, onde já venceu um título pelo Inter Miami, de David Beckham, que fez tudo para convencer o ex-PSG a sair da Europa. Se o jogador tivesse decidido ir para o campeonato saudita, o destino seria o clube de Jorge Jesus e Rúben Neves, o Al Hilal, rival do Al Nassr de Cristiano Ronaldo.