«Mateus Fernandes tem tudo para ser um exemplo»
Rúben Amorim tem plena confiança na afirmação de Mateus Fernandes (SPORTING CP)

«Mateus Fernandes tem tudo para ser um exemplo»

NACIONAL07.06.202411:00

Filipe Pedro, antigo treinador do médio nas camadas jovens do Sporting, atualmente adjunto na seleção de Angola, falou a A BOLA sobre o médio, de 19 anos, a quem augura futuro bastante risonho

— O crescimento de Mateus Fernandes tem sido evidente. Na sua opinião, e já tendo trabalho com ele, assenta em que aspectos?

– O crescimento do Mateus tem sido mais notório nesta última fase porque já está no escalão sénior e agora tem estado na Liga e é mais evidente para todos, mas este crescimento vem de trás e tem a ver com uma conjugação de fatores que têm sido favoráveis para o seu desenvolvimento. Neste caso eu diria a possibilidade, também devido a mérito próprio de pertencer ao Sporting, de poder vivenciar e estar presente nos diversos escalões de formação com treinadores de qualidade que o ajudaram também a desenvolver diversos fatores técnicos, táticos, mentais, em todos os sentidos, e depois também, claro, questões que a nível pessoal, características que ele possui por ser um excelente profissional, ser muito dedicado, ser muito sério naquilo que faz e, acima de tudo, também pelo talento que tem. Acho que toda esta conjugação de fatores ajuda na sua evolução. E depois a possibilidade, que também não aparece para todos, mas apareceu para ele e aproveitou bem, de entrar numa equipa de Liga que também aposta em jovens talentos, neste caso o Mateus teve a oportunidade de expressar o seu talento no Estoril e as coisas foram aparecendo com naturalidade. O Mateus não só é um excelente jogador, em termos técnicos, decisionais, táticos, mas também é um excelente ser humano, tem um grande caráter e tem tudo para ser um exemplo para os jovens que se seguem no futuro.

Filipe Pedro trabalhou nas camadas jovens do Sporting durante oito anos (Sérgio Miguel Santos)

– É um 6 ou 8? Pode jogar mais à frente, tal como Amorim já disse, que Mateus podia ser o novo Pote?

– Vamos contextualizar relativamente ao meio-campo do Sporting, porque um 6 ou um 8 também podem variar consoante o conceito do treinador e a forma como joga. Mas, enquadrando no Sporting, joga com três centrais mais dois médios, desses dois médios podemos considerar como 8 o médio que faz um transfer entre a ligação defensiva e o ataque, consideraria que o Mateus seria mais um 8 do que um 6. Portanto, para jogar no Sporting teria mais a função de um Pedro Gonçalves quando joga como médio, eventualmente de um Matheus Nunes. Acho que a comparação que o Rúben faz tem a ver com a capacidade que o Mateus tem também de jogar como interior. Neste caso, jogar em apoio ao ponto de lança, numa posição mais parecida com a do Edwards ou do Trincão, ou mesmo do lado oposto, neste caso sendo pé direito. É completo nesse sentido e essa multiplicidade de funções também pode vir a dar mais oportunidades ao Mateus no Sporting.

– Vai entrar numa equipa campeã nacional. Tem mentalidade para se impor? Com que mais-valias?

– Este ano foi importante para o Mateus. Conseguir estabelecer um ano na Liga com bastante jogo para ele é importante, ganha experiência, confiança, ritmo, intensidade, competitividade e isso tudo vão ser armas que poderão permitir ter uma possibilidade maior de aproveitar as oportunidades. Se depois irá conseguir agarrá-las ou não é difícil dizer, acredito que a probabilidade deste ano de conseguir agarrar oportunidade será maior do que noutros anos, mas também vai depender do plantel que o Sporting irá ter, das primeiras opções, das segundas, se alguém irá sair ou não, os espaços que vão abrir-se. A qualidade o Mateus tem, competência também, vamos ver que oportunidades é que irão surgir, acredito que ele está mais preparado para as aproveitar. Se irá já ser titular, o tempo o dirá, mas num futuro próximo certamente irá assegurar esse lugar, se eventualmente até não saltar para outros patamares mais cedo... As mais-valias são a tomada de decisão, é um jogador muito inteligente, quando está em posse de bola consegue muito bem identificar os espaços livres, o que é preciso fazer e gerir os ritmos de jogo. Não podemos desvalorizar as características humanas: a forma séria como encara o treino, é muito dedicado, acaba por fazer a diferença a longo prazo. Tecnicamente é muito forte, tem conhecimento tático muito abrangente que lhe permite fazer várias posições, acredito e espero que venha a ter muito sucesso.