Jogadores do Inter processados por violação de privacidade
Marko Arnautovic é, segundo a imprensa italiana, um dos acusados. Foto IMAGO/SOPA Images

Jogadores do Inter processados por violação de privacidade

INTERNACIONAL15.01.202419:05

Dois futebolistas do clube italiano terão, alegadamente, obrigado um homem a mostrar os conteúdos do seu telemóvel, por receio de estarem a ser filmados

Dois jogadores do Inter estão a ser processados por violação de privacidade. 

O sucedido terá acontecido na madrugada de 6 para 7 de janeiro no Hollywood Club, espaço de diversão noturna em Milão, após o jogo dos nerazzurri com o Hellas Verona (2-1). Os atletas - um deles, diz a imprensa italiana, é Marko Arnautovic - terão, pelas 4:15 horas, visto um homem a filmá-los. Por receio de represálias, terão arrastado o indivíduo até fora do clube, altura em que lhe tiraram o telemóvel e revistaram o conteúdo do mesmo. 

O advogado, Stefano Tutino, afirmou que os jogadores «não encontraram nada porque não havia nada para encontrar» e, segundo o relatório, um dos acusados terá ameaçado o alegado lesado: «sabes o que acontece se te virares contra mim».

Os atletas podem ser acusados de «agressão e exercício arbitrário das próprias razões, tendo agido com violência e violado a privacidade» do seu cliente, diz Tutino. O queixoso afirma que está impedido de entrar no Hollywood Club até deixar cair as acusações. O seu telemóvel foi apreendido e está a ser alvo de investigação.