João Pedro Sousa: «O primeiro e único objetivo é vencer o Boavista»

João Pedro Sousa: «O primeiro e único objetivo é vencer o Boavista»

NACIONAL03.03.202416:17

Técnico do Famalicão lamentou a oscilação de resultados e quer regressar aos triunfos

O Famalicão entra em campo esta segunda-feira com um único objetivo: «vencer o Boavista» e regressar aos triunfos. Os famalicenses vão a jogo com três baixas importantes – Zaydou e Cádiz viram o 5.º amarelo e Puma Rodriguez levou vermelho –, mas João Pedro Sousa está confiante com o trabalho que a equipa tem feito e não acredita que a instabilidade diretiva vá afetar os axadrezados.

«São duas equipas que vêm de maus resultados. Nós com consciência de que temos de regressar às vitórias, com a consciência de que temos de ser melhores e melhorar muitas coisas que fizemos e não fizemos no último jogo, mas também com a consciência de que continuamos a trabalhar no máximo. É este o nosso espírito. Jogamos em casa, vamos tentar entrar fortes com a ambição de ganhar o jogo e regressar às vitórias. Temos de nos agarrar ao trabalho. Acreditamos que estamos a fazer as coisas bem e estamos a trabalhar para vencer mais vezes», afirmou o técnico na antevisão à partida.

Os famalicenses têm oscilado muito nos resultados e o treinador quer trabalhar esse aspeto. «Não acredito que a classificação mexa com a motivação dos jogadores, mas não os deixa confortáveis. Ainda não conseguimos ganhar dois jogos seguidos e isso mexe com a equipa. A vitória traz conforto e tranquilidade, mas não conseguimos traduzir isso em nova vitória. Isso ao fim de algum período começa a pesar. Não queremos reagir só às derrotas, temos de saber reagir às vitórias e não ficar passivos à espera do que pode acontecer. O primeiro e único objetivo é vencer o Boavista e depois preparar para um objetivo importante que é vencer dois jogos seguidos», salientou.

Os problemas diretivos das panteras «não vão influenciar o rendimento da equipa». «Conheço a forma de trabalhar do Boavista e isso não vai ser um problema», referiu João Pedro Sousa, que questionado pelos muitos cartões que equipa tem levado... «Não somos uma equipa indisciplinada, mas a equipa tem de crescer e não tem a ver só com a maturidade de idades».

A formação minhota tem sofrido mais golos, mas o técnico não associa isso à saída de Otávio para o FC Porto. «Não me parece que haja relação entre a saída do Otávio e o facto de sofrer mais golos, apesar de estarmos a falar de um jogador de qualidade. Alguns dos erros que cometemos já existiram no passado. A diferença é que agora sofremos um golo. Estamos a ser castigados com pequenos erros em determinados momentos do jogo que dão golo. Não vamos ter a melhor defesa do campeonato, mas também não vamos ter a pior», rematou.