Jesus: «FC Porto? Sou um dos treinadores mais bem pagos do mundo...»
Jorge Jesus. FOTO IMAGO

Jesus: «FC Porto? Sou um dos treinadores mais bem pagos do mundo...»

FUTEBOL15.12.202322:46

O treinador do Al-Hilal mostra-se atento ao campeonato português, mas para já não está dentro dos seus planos um regresso a Portugal.

Jorge Jesus nunca escondeu o desejo de treinar os 'três grandes' em Portugal, faltando-lhe o FC Porto, mas o treinador português do Al-Hilal não se vê a regressar ao futebol português em breve.

«Neste momento é muito difícil. A época está a ser muito boa, em termos de resultados desportivos e financeiramente não há hipótese, sou um dos treinadores mais bem pagos do mundo. Por isso, o regresso a Portugal está fora de contexto. Dentro dos próximos dois anos acho que não vai mudar para mim e vou continuar fora de Portugal», disse Jorge Jesus, em declarações à Sport TV.

Jorge Jesus diz assistir a «todos os jogos do campeonato português», deixando muitos elogios ao FC Porto.

«Estou atento ao futebol português, que tem qualidade. Fora do futebol continuamos a ter muitas situações que não favorece muito o desenvolvimento e a paixão e o equilíbrio e o bem-estar do futebol em Portugal. Somos um país de 10 milhões e temos dos melhores jogadores do mundo, temos equipas que estão todos os anos na Champions. Neste momento, o FC Porto tem sido a bandeira de Portugal neste aspeto. Que continuem a pensar à frente. Os nossos dirigentes pensam à frente e isso faz com que o nosso futebol tenha jogadores que as grandes equipas da Europa vão contratar. É assim que sobrevivemos - os clubes. Portanto, vou sempre dizer que aquilo que eu sou hoje, agradeço às equipas portuguesas e ao futebol português.»

Jorge Jesus, que treinou o SC Braga em 2008/09, deixou também muitos elogios ao presidente António Salvador, pelo trabalho que tem feito na liderança do emblema minhoto.

"Dessas quatro equipas já treinei três, falta o FC Porto. O SC Braga também está a fazer uma época muito boa. O presidente António Salvador fez do SC Braga uma grande equipa, está entre as três mais fortes de Portugal e ainda não vai conseguir ter aquela projeção e aquele equilíbrio, porque quando tu jogas para ser campeão é uma coisa, quando jogas para fazer uma boa época é outra. As equipas grandes têm vantagem. O Sporting e o FC Porto têm uma massa associativa enorme, o Benfica ainda mais que qualquer um dos dois. Parecendo que não, isso depois tem influência nos jogos, principalmente fora de casa. Neste momento, o campeonato está equilibrado, está tudo separasdo por poucos pontos. Penso que o FC Porto, dos dois rivais, tem sido a equipa que mais me tem surpreendido».

Por fim, o treinador português falou da boa estratégia adoptada pelo FC Porto e o seu treinador Sérgio Conceição.

«Penso que o FC Porto tem sido a equipa que mais me tem surpreendido, porque vai buscar jogadores ao Paços de Ferreira, ao Estoril, sei lá, ao Moreirense... e continua lá em cima. Na minha opinião, o trabalho do Sérgio tem sido espetacular e só espero que sejam dois bons encontros - eu vou ver, como é óbvio - e a maior sorte para os quatro. Principalmente para os três onde já trabalhei. Temos sempre saudade».