Famalicão (mercado): Turquia e China na pista Riccieli
Defesa-central brasileiro tem vários interessados no seu concurso, mas SAD famalicense só venderá se surgir proposta irrecusável

Famalicão (mercado): Turquia e China na pista Riccieli

NACIONAL22.01.202418:05

Cenário de mudança do defesa-central para a Rússia está completamente afastado, sabe A BOLA; clubes turcos e chineses continuam interessados e podem vir a formalizar propostas ainda neste defeso; a concretizar-se, negócio nunca será feito por uma verba inferior a três milhões de euros; Marcos Moura é uma hipótese para as alas do ataque

Riccieli pode vir a deixar o Famalicão ainda durante o mês de janeiro. O cenário não é propriamente novo, mas, ao contrário de informações que foram colocadas a circular nos últimos dias, A BOLA está em condições de adiantar que, caso o emblema minhoto transfira o defesa-central brasileiro, o campeonato russo não será o destino do jogador. 

Ainda de acordo com as informações recolhidas pelo nosso jornal, há, por esta altura, dois mercados que se perspetivam como hipóteses possíveis para Riccieli: o turco e o chinês.

Há emblemas de nomeada dos campeonatos da Turquia e da China que continuam a ver no defesa-central famalicense uma excelente oportunidade para reforçarem os respetivos plantéis, sendo certo que, sabe A BOLA, qualquer um desses emblemas só conseguirá negociar o passe do jogador por uma verba a rondar os três milhões de euros. Por menos do que isso, a SAD do Famalicão nem quererá ouvir propostas.

Até porque, acrescente-se, Riccieli é um dos elementos de maior importância no clube, não só pelo facto de estar a cumprir a quinta temporada ao serviço do emblema de Vila Nova, mas também por ser o capitão de equipa. E os números do brasileiro neste percurso no Minho dizem tudo: 137 jogos e seis golos. 

Marcos Moura pode chegar por empréstimo

Se uns podem estar na porta de saída, outros poderão estar a chegar. É o caso de Marcos Moura. 

O jovem extremo brasileiro, de 22 anos - completa 23 no próximo dia... 23 de fevereiro -, representa, atualmente, o Red Bull Bragantino, equipa orientada pelo português Pedro Caixinha, mas, segundo a Imprensa brasileira, poderá rumar ao Famalicão por empréstimo.

Formado no Juventude (Brasil), Sorriso, como também é conhecido no futebol brasileiro, chegou ao Red Bull Bragantino em 2022, sendo que, nas duas épocas em que vestiu a camisola do clube, contabilizou 92 jogos, 11 golos e quatro assistências.

O Famalicão pensa na contratação de um extremo durante este defeso e, nesse sentido, Marcos Moura é um dos nomes que está na lista de potenciais reforços dos minhotos.

O cenário da chegada de mais um jogador para as alas do ataque pode, sabe A BOLA, potenciar uma saída do atual plantel. Falamos de Afonso Rodrigues, de apenas 21 anos, que é visto como um jogador de grande futuro, mas que, na época em curso tem tido uma utilização intermitente: realizou 10 jogos (apenas dois como titular) e marcou um golo (logo na 1.ª jornada da Liga, na vitória no terreno do SC Braga, por 2-1).

Ora, na perspetiva de dar ao jogador a oportunidade de reforçar a utilização em competição, a SAD liderada por Miguel Ribeiro está recetiva a ceder Afonso Rodrigues por empréstimo. O extremo tem contrato com o Famalicão até 2027, e o cenário que se coloca por esta altura é a sua cedência - há vários clubes de Liga 2 de Liga 3 interessados nos seus serviços... - para que ganhe mais minutos de jogo e para que em 2023/2024 possa explodir em definitivo no plantel principal dos famalicenses. Porque qualidade para isso não lhe falta...