Em dia de aniversário, Pochettino reage a cânticos sobre Mourinho
Mauricio Pochettino, treinador do Chelsea. Foto: IMAGO/Sportimage

Em dia de aniversário, Pochettino reage a cânticos sobre Mourinho

Treinador argentino tem sido muito contestado devido aos maus resultados do Chelsea

Mauricio Pochettino reagiu aos cânticos que se ouviram nas bancadas durante o empate a duas bolas entre Brentford e Chelsea, em jogo a contar para a 27.ª jornada da Premier League. Os adeptos dos blues, que têm contestado o treinador argentino pela época aquém do esperado, cantaram o nome de José Mourinho e do antigo dono do clube, Roman Abramovich.

«Disseram-me, mas não ouvi [os cânticos]», disse o treinador do Chelsea. «Foi difícil para mim compreender, mas é normal. Estávamos a perder por 2-1 e eles expressaram a sua frustração. Sou responsável enquanto treinador principal», garantiu.

Pochettino garantiu que está tranquilo relativamente à situação: «Não estou preocupado. Temos de aceitar esta relação. Alguém me perguntou se sinto o carinho dos fãs, e respondi que não. O que é que podemos esperar? Temos de construir a relação e, entre a equipa técnica e os adeptos, a relação constrói-se ganhando jogos. Neste momento não conseguimos corresponder às expectativas, e portanto, como é que podemos pedir carinho?»

O técnico revelou que está pronto para continuar a lutar por resultados, revelando que este sábado, 2 de março, é o seu aniversário: «Hoje é o meu 52.º aniversário. Conheço muito bem o negócio do futebol e nunca vou desistir. Estou pronto para lutar amanhã de novo e depois de amanhã, no próximo jogo. Temos agora uma semana para preparar o jogo contra o Newcastle, para tentar ganhar e continuar a pressionar. Vamos continuar a lutar.»