De 2-0 para 2-3, PSV vira e elimina o Sevilha no Ramón Sánchez Pizjuán
PSV festeja vitória em Sevilha (Foto: ANP/IMAGO)

De 2-0 para 2-3, PSV vira e elimina o Sevilha no Ramón Sánchez Pizjuán

INTERNACIONAL29.11.202320:25

Neerlandeses confirmaram apuramento com triunfo do Arsenal sobre o Lens

[artigo atualizado]

O PSV venceu esta quarta-feira o Sevilha no Ramón Sánchez Pizjuán por 3-2, em jogo da quinta jornada do Grupo B da Liga dos Campeões. Apurou-se horas depois com o triunfo do Arsenal sobre o Lens (6-0).

Os espanhóis, com uma época para esquecer, chegaram a estar a vencer por 2-0, depois dos golos de Sergio Ramos, aos 24 minutos, após livre de Ivan Rakitic, e de Youssef En-Nesyri, aos 47 minutos, na sequência de um passe do ex-Sporting Marcos Acuña. O marroquino picou a bola por cima de Marko Dmitrovic. O 1-0 foi histórico, com o central veterano a marcar pela equipa em que se formou 18 anos depois do último remate certeiro.

O conjunto de Eindhoven reagiu já depois da hora de jogo, embora em superioridade numérica. Lucas Ocampos viu dois amarelos em três minutos (63 e 66) e foi expulso. 

Ismael Saibari, aos 68 minutos, sem olhar para a baliza, reduziu com um grande gesto técnico, após cruzamento de Sergino Dest. 

Aos 81 minutos, um autogolo do antigo jogador do Sporting Nemanja Gudelj empatou a partida.

Já no tempo de compensação, Ricardo Pepi, na sequência de uma jogada de Yorbe Vertessen, confirmou a reviravolta.

Fernando, antigo jogador do FC Porto, iria ainda ver o vermelho direto no tempo de compensação.