Boca Juniors recorre da suspensão das eleições
Boca Juniors vive momentos conturbados (IMAGO/Latin America News Agency)

Boca Juniors recorre da suspensão das eleições

INTERNACIONAL01.12.202315:05

Clube argentino vive momento conturbado, não só a nível diretivo como desportivo, depois do afastamento da Libertadores

O Boca recorreu da ordem cautelar da juíza Alejandra Abrevaya, de um tribunal de Buenos Aires, que suspendeu as eleições agendadas para a próxima segunda-feira, e denunciou irregularidades no processo. 

A partir de agora há dois caminhos possíveis: ou o Tribunal Nacional de Apelações Cíveis revoga a medida da juíza (se determinar que não há elementos suficientes para suspender as eleições) ou confirma-a. 

Seja qual for a decisão, que deve demorar 72 horas para ser conhecida, é certo que o ato eleitoral não se realizará na próxima segunda-feira.