Adepto do Nantes morto à facada antes do Nantes-Nice
Adeptos do Nantes (Imago)

Adepto do Nantes morto à facada antes do Nantes-Nice

INTERNACIONAL03.12.202312:15

Altercação entre a claque do Nantes e motoristas que levavam adeptos do Nice ao estádio poderá estar na origem

Um adeptos do Nantes foi morto à facada na noite de sábado, antes do jogo da 14.ª jornada da Ligue 1, de receção ao Nice. As circunstâncias ainda não claras, mas de acordo com o site RMC Sport, um condutor de um veículo TVDE (VTC, no original francês) foi já detido para interrogatório.

«Pouco antes das 20 horas, vários veículos TVDE que transportavam adeptos do Nice foram atacados por adeptos do Nantes quando se dirigiam ao estádio Beaujoire», referiu na noite de sábado o procurador do Nantes, Renaud Gaudeul.

De acordo com a AFP, o homem fazia parte do grupo organizado de adeptos Brigade Loire.

A altercação terá acontecido em frente ao bar onde se reúnem os membros da Brigade Loire, que atacaram alegadamente os carros.

«Neste cenário, em circunstâncias ainda por determinar, um homem de 31 anos, adepto do Nantes, perdeu os sentidos e faleceu no local, apesar da rápida intervenção dos serviços de emergência», acrescentou, continuando:

«As primeiras investigações forenses mostram que a vítima apresenta um ferimento nas costas, que pode corresponder a uma arma branca.»

Um motorista relatou o que viu ao jornal Presse-Océan: «Estávamos em fila para deixar trinta adeptos do Nice no estádio quando uma horda de adeptos encapuzados vestidos de preto, ou amarelo e verde [as cores do Nantes], apareceu e atacou-nos. Eles começaram a bater nos carros, a abrir as portas e a bater nos clientes. Todos os meus colegas foram atacados também.»

Já este domingo, um motorista foi detido para interrogatório. «Depois das primeiras investigações realizadas durante a noite, um homem de 35 anos, motorista, dirigiu-se à sede da polícia de Nantes pelas 4h30, e foi colocado sob custódia por possível homicídio doloso», refere um comunicado de Gaudeul.

Foi aberto inquérito por tentativa de homicídio.